Coordenação Nacional para a Reforma Cuidados Continuados Integrados

  • Manuel José Lopes (Coordenador da Comissão de Coordenação da RNCCI)

    Professor Coordenador da Universidade de Évora, Doutorado em Ciências de Enfermagem, tendo como formação complementar Especialização Clínica em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria e Pós-Graduação em Dirección Estratégica de Universidades pela Universidad Politécnica da Catalunha.

    Atividade Profissional (mais recente)

    2006-2012 – Membro do Conselho Científico do Doutoramento em Enfermagem da Universidade de Lisboa

    2000-2008 – Vice-Presidente da Escola Superior de Enfermagem de S. João de Deus

    2006-2009 – Pró-Reitor da Universidade de Évora

    2009-Atual – Diretor da Escola Superior de Enfermagem de S. João de Deus da Universidade de Évora

    2008-Atual – Coordenador da Rede de Intervenção Integrada de Luta contra a Violência Doméstica do Distrito de Évora

    2008-Atual – Diretor do Centro de Investigação em Ciências e Tecnologias da Saúde

    2008-2015 – Coordenação do Observatório Português dos Sistemas de Saúde

    2010-Atual – Diretor do Curso de Mestrado em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiatria

    2010-Atual – Membro do Senado da Universidade de Évora

    2010-Atual – Membro do Conselho Científico da Universidade de Évora

    2010-Atual – Membro do Conselho Científico do Instituto de Investigação e Formação Avançada da Universidade de Évora

    2010-Atual – Membro do Conselho Científico da Sociedade Portuguesa de Geriatria e Gerontologia

    2010-Atual – Membro da Associação de Inovação e Desenvolvimento da Saúde Pública (INODES)

    2010 – Coordenador da elaboração do Relatório especializado e preparatório do Plano Nacional de Saúde “Cuidados Continuados Integrados em Portugal – analisando o presente, perspetivando o futuro”

    2010 – Colaboração na elaboração do Plano Nacional de Saúde

    2010-Atual – Consultor da Direção Geral de Saúde

    2010 – Colaboração com a Direção Geral de Saúde no desenvolvimento da Tabela Nacional da Funcionalidade dos Adultos com Doença Crónica

    2010-Atual – Membro da Rede Internacional de Pesquisa em Representações Sociais em Saúde

    2011-Atual – Vogal do Conselho de Gestão da Universidade de Évora

    2014-Atual – Representante da Universidade de Évora na Knowledge and Inovation Community EIT Health​

    Pedro Emanuel Ventura Alexandre

    Licenciatura em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Curso de Pós-graduação em Especialização em Administração Hospitalar pela Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa.

    Cédula profissional de Advogado (inscrição atualmente suspensa). Curso de Pós-graduação em Direito da Medicina da Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra (parte letiva).

    Vogal do Conselho Diretivo da Administração Central do Sistema de Saúde (2014-), responsável pelos pelouros de Recursos Humanos, Jurídicos e Gestão da Rede de Serviços e Recursos em Saúde.

    Vogal do Conselho Diretivo da Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo, IP (2010-2014), responsável pelos pelouros de gestão de recursos humanos, instalações e equipamentos, cuidados continuados integrados, comportamentos aditivos e dependências e jurídico.

    Diretor dos Serviços de Gestão de Recursos Humanos do Instituto Português de Oncologia de Lisboa, Francisco Gentil E.P.E. (2009-2010); Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, E.P.E (2008-2009) e do Hospital de Santa Cruz (1996-2005).

    Docente na Escola Superior de Enfermagem de Faro (1995-1996).

    Cristina Maria Pereira Pedro de Oliveira

    Natural de Lisboa, Licenciatura em Direito, pela Faculdade de Direito da Universidade Clássica de Lisboa (1991-1996) IV Curso de Pós Graduação em Direito do Trabalho e da Segurança Social – Instituto de Direito do Trabalho da Faculdade de Direito de Lisboa (2003).

    Participação em diversas ações de formação, designadamente nas áreas da contratação pública, sistema integrado de avaliação de desempenho da administração pública, gestão de conteúdos e processos na administração pública, regime legal de vínculos, carreiras e remunerações, balanced scorecard inicial e tecnologias de informação.

    Desde 2012 – Técnico superior – Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, em exercício de funções no Departamento de Gestão da Rede de Serviços e Recursos em Saúde/ Núcleo Funcional da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI) da Administração Central dos Sistemas de Saúde, IP; De 2007 a 2012 – Técnico superior – Jurista, assessora da Coordenadora da Unidade de Missão para os Cuidados Continuados Integrados; De 2006 a 2007 – Técnico superior – Jurista, exercício de funções no Alto Comissariado da Saúde, no âmbito da Coordenação Nacional para a Saúde das Pessoas Idosas e Cidadãos em Situação de Dependência; De 2002 a 2006 – Exercício de atividade profissional em escritório de advogados, com especial incidência nas áreas do Direito Civil Direito da Família e das Sucessões e Registos e Notariado.

    De 2001 a abril de 2002 – Assessora do Gabinete da Secretaria de Estado do Ministério da Saúde do XIV Governo Constitucional.

    Acompanhamento da RNCCI desde o momento da sua criação, com participação em diversos grupos de trabalho no âmbito da elaboração de todos os projetos de diploma legais relativos à criação e desenvolvimento da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados e respetiva regulamentação, e em demais matérias relacionadas com a área da saúde.

    Aura Maria Duarte de Jesus

    Mestre em Ecologia Humana e Problemas Sociais Contemporâneos, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

    Licenciada em Terapia Ocupacional, pela Escola Superior de Saúde do Alcoitão.

    Ingressou na Segurança Social em janeiro de 1990, tenho tido responsabilidade nas áreas das Pessoas Idosas, Pessoas Dependentes, Pessoas com Deficiência e Saúde Mental.

    Desde 2006 é Interlocutora distrital para a RNCCI e desde 2007 representante técnica do Centro Distrital de Setúbal na ECR do Alentejo.

    De 2008 a 2012 foi Chefe do Setor de Promoção de Autonomia.

    Integrou as Equipas de Coordenação Distrital e Regional de acompanhamento da implementação do Despacho Conjunto 407/98, de 18 de junho.

    De 1985 a 1989, foi Terapeuta Ocupacional em instituições de apoio a pessoas idosas e a crianças e jovens com deficiência.

    Desde 2000 tem tido diversos cargos nos órgãos sociais da Associação Portuguesa de Terapeutas Ocupacionais, sendo, atualmente, Vogal do Conselho Deontológico e de Disciplina.

    Maria Luísa Gonçalves Matias

    Técnica superior com licenciatura em Serviço Social, a desempenhar funções na Divisão da Ação Social e Conceção Normativa da Direção de Serviços da Ação Social e Assuntos Jurídicos e Institucionais da Direção Geral de Segurança Social.

    Coordenou Programas de Luta Contra a Pobreza na Zona de Vila Franca de Xira, Coordenou o Serviço local de Vila Franca de Xira,  há largos anos afeta funcional à área das Pessoas com Deficiência e desde 2009 à Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados.

    Rute Guerra

    Licenciada em Sociologia e mestre em Economia e Sociologia Históricas, Subdiretora-Geral do GEP, tem exercido funções de chefia intermédia desde 2006, onde ingressou em 1998; tem desenvolvido trabalhos relativos à avaliação da sustentabilidade financeira, social e económica da segurança social, ao desenvolvimento de metodologias de acompanhamento e avaliação das políticas de combate à pobreza e exclusão social, e à atualização dos indicadores para análise das situações de pobreza e desigualdades na perspetiva do ciclo de vida, entre outros; tem assegurado representações internacionais no Comité de Proteção Social (UE) e em grupos na área do Envelhecimento (no âmbito das Nações Unidas e da UE).

     

  • Álvaro Andrade de Carvalho

    Médico (1973, Univ. Lisboa), Psiquiatra (1980), Chefe de Serviço da Carreira Hospitalar, Assistente Convidado e Mestre em Saúde Mental e Psiquiatria pela Faculdade Ciências Médicas/Univ Nova Lisboa.

    Diretor do Programa Nacional Saúde Mental/DGS (janeiro/2012). Coordenador Nacional para a Saúde Mental (março 2011). Coordenador Equipa de Projeto dos Cuidados Continuados Integrados de Saúde Mental (julho, 2010). Subdiretor-Geral da Saúde (1996/97).

    Diretor de Serviços de Psiquiatria e Saúde Mental da DGS (1997/2000). Diretor do Departamento de Saúde Mental do Hospital S. Francisco Xavier/CHLO (2000/2006).

    Ana Maria Briosa da Mota Antunes

    Assistente Graduada Sénior de Medicina Geral e Familiar, com uma pós-graduação em investigação, exerce atualmente a sua atividade clínica no Concelho do Crato. Foi Diretora Executiva dos ACES da Unidade Local de Saúde do Nordeste Alentejano até junho de 2012 tendo implementado a Reforma dos Cuidados de Saúde Primários no Distrito de Portalegre durante esse período. Integra a Equipa de Coordenação Regional do Alentejo de Cuidados Continuados Integrados desde a sua constituição.

    Berta Maria Jesus Augusto

    É licenciada em enfermagem, com o título de Especialista em Enfermagem de Reabilitação. Possui a Pós-graduação em Administração de Serviços de Enfermagem.

    É Enfª Chefe do Serviço de Neurologia A e do Hospital de Dia de Neurologia do CHUC.

    Integra a Equipa Coordenadora Regional do Centro da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados desde Novembro de 2006.

    Atividade Profissional

    Serviço de Urgência – Enfª desde Dezembro de 1982 a Março de 1994.

    Serviço de Traumatologia – Enfª Chefe desde Abril de 1994 a Julho de 2003.

    Serviço de Neurologia – Enfª Chefe desde Agosto de 2003.

    Gestão Intermédia do HG – CHC-EPE – Adjunta Direção de Enfermagem (Janeiro 2010 a Abril 2012).

    Serviço de Neurologia C – HUC- CHUC – Enfª Chefe desde Maio de 2012.

    Núcleo de Formação do Hospital Geral – De 1990 a 2005.

    Comissão Técnica de Avaliação de desempenho (representante enfermeiros avaliados) – Desde 1994.

    Comissão de Ética do CHC- De 1995 a 1997.

    Comissão Permanente para a Qualidade – De 1997 a 1999.

    Comissão de Humanização do HG-CHC – De Março de 1995 a Abril de 2012.

    Equipa de Gestão de Altas do CHC-EPE – Desde Setembro de 2006 a Abril de 2012.

    Equipa Coordenadora Regional do Centro da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados – Desde Novembro de 2006.

    Co-coordenadora de 2 projetos de âmbito institucional (Prevenção de UP e Sistematização do Regresso a Casa) – CHUC desde 2012.

    Carina Isabel Simões Metelo

    Licenciada em Sociologia, Técnica Superior no GEP desde 2008; tem acompanhado a análise da evolução da Rede de Serviços e Equipamentos Sociais no âmbito do suporte ao planeamento, desenvolvimento do processo de atualização, validação e disponibilização da informação constante na Carta Social.

    Carla Sandra Martins Pereira

    Bacharelato em Fisioterapia, em 1995 pela Escola Superior de Saúde Alcoitão, Licenciada em Fisioterapia em 2002 pela Escola Superior de tecnologias da Saúde de Lisboa, Mestre em Gestão de Serviço de Saúde em 2008 pelo Instituto Superior de Ciências do Trabalho e da Empresa (ISCTE), Doutoranda em Saúde Publica na especialidade Politica e Gestão em Saúde desde 2011 na Escola Nacional de Saúde Publica – Universidade Nova de Lisboa, especialista em Fisioterapia desde 2014.

    Experiência profissional no Serviço Nacional de Saúde desde 1998, como Fisioterapeuta no Centro Hospitalar Lisboa Central, atualmente em mobilidade por cedência de interesse público na Direção-Geral da Saúde.

    Atividade de docente desde 2006 na Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias – Instituto Politécnico de Castelo-Branco. Autoras de diversas apresentações e artigos, e membro de múltiplos grupos de trabalhos sobre a Implementação da Classificação Internacional de Funcionalidade em Portugal.

    Carlos Alberto Castelo Branco Ordens

    Licenciado em Medicina, U. Coimbra, 26/7/1979;

    Diretor Clínico – Hospital Fundão – 1982;

    Especialidade em MGF – 1991;

    Chefe Cuidados Personalizados/D. Clínico – C.S.Cantanhede – 2000-2005;

    Pós-Graduação em Gestão de Saúde – U. Católica – 2003-2005;

    Competência em Gestão de Saúde – O. Médicos – 2005;

    Aprovado em concurso de Chefe de Serviço-MGF – C.S. – 2006;

    Frequência Completa de Pós-Graduação, Direito Médico – U. Coimbra -2007;

    Conselho Nacional de Disciplina – Ordem Médicos – 2005-2010;

    Diretor Centro Saúde de Cantanhede – 2005-2010;

    Diretor Executivo do ACES Baixo Mondego-3 – 2010-2012;

    Coordenador da ECL. Litoral – RNCCI – 2006-2007; 2008-2010; 2012-2016;

    César João Vicente da Fonseca

    Possui Doutoramento em Enfermagem pela Universidade de Lisboa, curso de Mestrado em Comunicação em Saúde pela Universidade Aberta, curso de Pós-Licenciatura de Especialização em Enfermagem de Reabilitação pela Escola Superior de Saúde da Cruz Vermelha Portuguesa, curso Complemento de Formação e Enfermagem pela Escola Superior de Enfermagem Maria Fernanda Resende, curso de Bacharelato em Enfermagem pela Escola Superior de Enfermagem da Guarda.

    Atualmente é Enfermeiro Coordenador do Centro de Investigação Clínica, do Centro Hospitalar Lisboa Norte e faz parte do Observatório Português dos Sistemas de Saúde. Desempenhou funções na equipa de coordenação e controlo da ui&de e na Vice-Presidência da Associação Amigos da Grande Idade – I&D, tendo sido coordenador do Departamento de Investigação e Monitorização do Envelhecimento. É responsável pela publicação nacional e internacional de diversos papers, com impacto nacional e internacional.

    Helena Maria Pereira Faria Jardim

    Pediatra, sub-especialista em Nefrologia Pediátrica pela Ordem dos Médicos. Doutorada em Pediatria pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto.

    Professora Auxiliar de Pediatria na Faculdade de Medicina do Porto, na Escola de Ciências da Saúde da Universidade do Minho e Professora Associada de Pediatria no Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar. Diretora do Departamento da Criança e do Adolescente do Centro Hospitalar do Porto (2010-2012) e Assistente Graduada de Pediatria do Hospital de S João (1987 a 2010).

    Vice-presidente da Comissão Nacional de Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente. Consultora da Direção Geral da Saúde para a Saúde Infantil.

    Coordenadora do Colégio de Nefrologia Pediátrica da Ordem dos Médicos. Assessora da ARSNorte para a área da Saúde da Criança e do Adolescente e membro da Comissão Regional de Saúde da Mulher da Criança e do Adolescente (2006 a 2011). Perita da Comissão Europeia para avaliação de projetos de investigação cientifica financiados pela União Europeia.

    João Públio Amaral Santos

    A exercer funções no ISS, IP desde 2000, desempenhando as seguintes funções, entre outras, no Departamento de Gestão e Controlo Financeiro: estimativas de compromisso ao abrigo da LCPA; controlo e previsão no âmbito dos Programas de Ação Social, mais concretamente nos Contratos-Programa da RNCCI e Programas de Rendimento Social Inserção, Emergência Alimentar, bem como do acompanhamento da execução dos contratos das prestações de serviços dos médicos no âmbito dos Serviços de Verificação de Incapacidades.

    José Manuel Pestana Gomes Ferreira

    Exerce desde 1999 as funções de médico internista do quadro do serviço de Medicina do Centro Hospitalar de S. João, Porto, atualmente como Assistente Hospitalar Graduado de Medicina Interna, nas várias vertentes da medicina hospitalar, desde a assistencial (internamento, consulta, serviço de urgência) à vertente da formação (formação pré-graduada aos alunos da Faculdade de Medicina do Porto, formação pós-graduada aos internos de especialidade e investigação clínica.) As características dos doentes internados atualmente num serviço de medicina, implicam que a visão do internista não possa ficar restringida ao que passa no meio hospitalar, pois numa perspetiva integradora do doente, não considerar as condições pós alta é uma receita segura para a falência terapêutica. Foi assim com interesse particular que viu despontar a RNCCI em 2006.

    Convidado a integrar este projeto, desde 2007, faz parte da Equipa Coordenadora Regional da ARS Norte. Pode assim, assistir ao crescimento da RNCCI desde as experiências piloto, com todas as dúvidas inerentes a um projeto que está a nascer, sem histórico, com uma vertente de prestação de cuidados embora desejável ainda não tinha sido experimentada nestas dimensões, com muito poucas vagas para as previsíveis necessidades, com tipologias de internamento até aí inexistentes que tiveram de ganhar o seu lugar na prática clínica. Para criar um novo corpo de conhecimento foi necessário fazer reuniões com todas as estruturas da REDE, perceber quais as particularidades de cada região e tentar criar normas que fossem aplicáveis a todos os doentes/situações de forma a manter a equidade de acesso. Mantendo a atividade assistencial a nível hospitalar e de coordenação a nível da ECRN permitiu ter, ao longo deste percurso, uma imagem integradora a todos a REDE, sendo natural o interesse na criação de um conjunto de normas que sejam coerentes em todos os níveis de cuidados (hospitalares – RNCCI – cuidados de saúde primários) e numa definição clara dos objetivos que devem estar subjacentes ao internamento de cada tipologia.

    Luís Filipe dos Reis Frederico

    Licenciado em Serviço Social pela Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias de Lisboa em 2005, com início da sua atividade profissional como Assistente Social no Hospital Pulido Valente, integrando em 2006 a equipa da Área de Apoio Social do Hospital de Santa Marta, atual Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE (CHLC, EPE). É membro da Direção da Liga dos Amigos do Hospital de Santa Marta desde 2012.

    Integrou a equipa que criou a 1ª consulta de Cooperação Internacional no CHLC, EPE em 2010. Membro da Comissão de Treino e Ensino da Área de Apoio Social do CHLC, EPE desde 2010. Integrou a Equipa de Gestão de Altas do CHLC, EPE em 2011, onde se mantém até à data. Desde 2012 é o responsável pelo Projecto Ser Solidário no CHLC. Em 2012 foi co-autor do livro Serviço Social na Saúde. Publicação de diversos artigos.

    Participação em Congressos / Jornadas, nomeadamente: I Congresso de Serviço Social do CHLCL, EPE, com o tema “Consulta de Cooperação Internacional” (2009); XIII Reunião Anual da SPCCTV & Reunião Conjunta com a SPRMN, com o tema “Serviço Social Uma Experiência de Equipa” (2009); II Congresso de Serviço Social do CHLCL, EPE, com o tema “Comissão de Treino e Ensino da Área de Apoio Social CHLC” (2013); Jornadas de Enfermagem em Urologia com o tema “Da Solidão ao Cuidado em Rede – Acompanhamento do Doente Crónico – Equipa de Gestão de Altas” (2015).

    Maria da Graça Godinho Simões Eliseu

    Atividade Profissional Relevante

    Centro de Saúde (1981 a 2003). Escola Superior de Enfermagem S João de Deus (1990 A 1992) Ordem dos Enfermeiros: Conselho Diretivo da Região Sul da Ordem dos Enfermeiros, (maio 1999 a janeiro 2004) e Comissão da Especialidade em Enfermagem Comunitária (janeiro 2004 a janeiro 2008). Membro da Equipa de Coordenação Regional do Alentejo dos Cuidados Continuados Integrados, desde junho de 2006; Coordenadora desta equipa desde 2014

    Maria Suzana Varanda Gonçalves Fernandes Ferreira

    Licenciatura em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (1988-1993). Curso de Pós-Graduação em Direito da Bioética pela Faculdade de Direito de Lisboa e a Ass. Port. de Direito Intelectual (2012); Diploma de Especialização em Simplificação da Comunicação Legislativa e Regulamentar (DELEGE 2010); Curso de Feitura de Leis pelo INA(2006); Curso de Pós-Graduação em Direito das Crianças pela Faculdade de Direito da Universidade Católica Portuguesa (2005); Cédula profissional de Advogada (inscrição atualmente suspensa).

    Desde 2001 – Jurista a desempenhar funções na Divisão de Ação Social e Conceção Normativa da Direção de Serviços da Ação Social e Assuntos Jurídicos e Institucionais da Direção Geral de Segurança Social, com especial incidência na elaboração de projetos de diplomas legais no âmbito da população adulta, crianças e jovens, respostas sociais e cooperação.

    De 1995 a 2001 – Técnico superior Jurista no Instituto Nacional da Propriedade Industrial; De 1993 a 1995 – Atividade profissional em escritório de advogados, Instituto dos Registos e Notariado e Gabinete Jurídico e de Contencioso do Metropolitano de Lisboa E.P.

    Miguel Ângelo Faria Gomes Narigão

    Curso de Enfermagem Geral na E.S.E. Artur Ravara (1992), Licenciatura na E.S.E. Francisco Gentil (2004), Pós-graduação em Enfermagem de Saúde Mental em Adição e Reabilitação Psicossocial na I.P.S. – Escola Superior Saúde (2008), Curso de Pós-licenciatura de Especialização em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica na Universidade Católica Portuguesa (2009), Mestrado em Enfermagem, com Especialização em Enfermagem de Saúde Mental e Psiquiátrica na Universidade Católica Portuguesa (2011).

    Enfermeiro especialista em saúde mental e psiquiatria do C.H. Lisboa Ocidental, exerceu função de chefe de serviço em serviços de psiquiatria para doentes de evolução prolongada e para doentes agudos, foi membro da direção da Associação de Reabilitação e Integração Ajuda entre 1998 e 2004, integrou em 2010 a Equipa de Projecto para os Cuidados Continuados de Saúde Mental – Unidade de Missão CCI, desde 2010 Assistente Convidado da E.S.E de Lisboa e desde 2012 integra a equipa do Programa Nacional para a Prevenção e Controlo do Tabagismo da Direção-Geral de Saúde.

    Paula Alexandra Sousa Duarte

    Habilitações Académicas

    Curso Geral de Enfermagem pela Escola de Enfermagem da Imaculada Conceição (1990).

    Curso de Estudos Superiores Especializados em Enfermagem de Saúde Infantil e Pediátrica (1998).

    Pós- Graduação em Bioética e Ética Médica – FMUP (2001).

    Posição atual

    Elemento do Departamento de Contratualização – Área Funcional Cuidados de Saúde Continuados Integrados da ARS Norte, IP (2010 – presente).

    Membro da Comissão de Ética da Saúde do CHP (2009- presente).

    Experiência profissional anterior

    Enfermeira no Serviço de Cuidados Intensivos Neonatais e Pediátricos do HGSA (1990-2010).

    Enfermeira da Equipa do INEM de Transporte de Recém-Nascidos de Alto Risco (1991-2007).

    Enfermeira responsável pela formação em serviço (2002-2010).

    Formadora de Suporte Básico de Vida Pediátrico no CHP, EPE (2004-2010).

    Interlocutora do Departamento da Mulher e da Criança no grupo de parametrização dos sistemas de informação e documentação dos cuidados de enfermagem no CHP, EPE (2007-2010).

    Rui Eugénio Ferreira Lourenço

    Médico

    Especialista em Medicina Geral e Familiar.

    Assistente graduado sénior da carreira médica de medicina geral e familiar.

    Formação pós-graduada em Saúde Pública (Escola Nacional Saúde Pública – Universidade Nova de Lisboa).

    Formação pós-graduada em Gestão e Economia da Saúde (Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra).

    Diretor do C. S. Mértola (1993-1995).

    Diretor do C. S. Loulé (1997-2003).

    Presidente do C. Diretivo da ARS Algarve, IP (05/2005 – 10/2011).

    Docente convidado da Escola Superior de Saúde da Universidade do Algarve desde 2002.

    Docente convidado do Mestrado Integrado em Medicina da Universidade do Algarve desde 2012.

    Sílvia do Rosário Marques Soares

    Mestre em Organização e Sistemas de Informação. Técnica Superior no ISS I.P, desde 2001. Coordenadora Nacional de Aplicações no Gabinete de Gestão de Informação/ISS I.P; Gestora de Projeto, responsável pelo planeamento, monitorização e execução do processo de implementação de sistemas de informação nas seguintes áreas; RNCCI;  SISS_Adoção; Sistema de gestão informática do processo de promoção e da gestão da CPCJ; Rede Social; SISS- Linha Nacional de Emergência Social; Sistema de Informação da Assessoria Técnica aos Tribunais; Sistema de Informação do SNIPI, no Gabinete de Análise e Gestão de Informação/ ISS I.P.

    Vanda Maria Gonçalves dos Santos

    Mestre em Saúde Pública. Técnica Superior do ISS, IP desde 2001, onde trabalhou na Equipa Central da LNES e na Unidade de Promoção de Autonomia, do DDSP.

    Representação técnica do ISS, I.P., ao nível da definição, monitorização e avaliação de estratégias transversais, designadamente no âmbito do Plano de Ação Contra as Drogas e as Toxicodependências. Desde 2010 é membro da equipa técnica de apoio à Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados do ISS, IP, onde tem colaborado ao nível do planeamento, implementação, acompanhamento, monitorização e avaliação; e desenvolvimento de ações de informação/formação aos representantes do ISS,IP nas Equipas Coordenadoras Locais e Regionais.

  • Missão

    A expansão da capacidade de resposta da Rede, privilegiando a domiciliação e as respostas comunitárias e dando prioridade às regiões e às respostas mais carenciadas.

    Visão

    Uma RNCCI baseada numa abordagem integrada com respostas múltiplas, equitativa e acessível como garante de continuidade de cuidados, promotora de ganhos funcionais e manutenção do bem-estar com qualidade e efetividade.

    Objetivos

    Relativamente aos objetivos, bem como aos princípios, reiteramos os enunciados no diploma legal que instituiu a Rede (Decreto-Lei 101/2006 de 6 de junho), ou seja:

     

    1 - A melhoria das condições de vida e de bem-estar das pessoas em situação de dependência, através da prestação de cuidados continuados de saúde e ou de apoio social;

    2 - A manutenção das pessoas com perda de funcionalidade ou em risco de a perder, no domicílio, sempre que mediante o apoio domiciliário possam ser garantidos os cuidados terapêuticos e o apoio social necessários à provisão e manutenção de conforto e qualidade de vida;

    3 - O apoio, o acompanhamento e o internamento tecnicamente adequados à respetiva situação;

    4 - A melhoria contínua da qualidade na prestação de cuidados continuados de saúde e de apoio social;

    5 - O apoio aos familiares ou prestadores informais, na respetiva qualificação e na prestação dos cuidados;

    6 - A articulação e coordenação em rede dos cuidados em diferentes serviços, sectores e níveis de diferenciação;

    7 - A prevenção de lacunas em serviços e equipamentos, pela progressiva cobertura a nível nacional, das necessidades das pessoas em situação de dependência em matéria de cuidados continuados integrados e de cuidados paliativos.

    Estratégia

    A direção estratégica será assumida pela Coordenação Nacional para a Reforma do SNS na área dos Cuidados Continuados, a qual terá como lema o serviço público e o bem comum, como instrumento essencial o diálogo permanente e o respeito por todos os atores envolvidos e como orientação o apoio a estratégias locais que respeitem os princípios e a lei que enquadram a Rede e os seus diversos desenvolvimentos. A Coordenação Nacional, tal como referido no Despacho de Nomeação, contará com a colaboração de uma equipa multidisciplinar e com dispersão geográfica a qual garantirá a essencial articulação com o Ministérios do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, a Administração Central do Sistema de Saúde, I.P., a Direção-Geral da Saúde, as Administrações Regionais de Saúde, I.P. e os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde, E.P.E.

     

    Com base nestes consensos e tendo em conta o atual estado de desenvolvimento da Rede, propomos uma estratégia de desenvolvimento no respeito pelo Eixo VI do Programa do Governo relativo à área da Saúde (Expansão e melhoria da integração da Rede de Cuidados Continuados e de outros serviços de apoio às pessoas em situação de dependência) e respetivos vetores:

     

    1 - Reforço dos cuidados continuados prestados no domicílio e em ambulatório;

    2 - Reforço da rede nacional através do aumento do número de vagas em cuidados continuados integrados em todas as suas tipologias, num esforço conjunto com as organizações do terceiro setor e o setor privado, com especial incidência nos grandes centros urbanos;

    3 - Reconhecimento e apoio a cuidadores informais que apoiam as pessoas dependentes nos seus domicílios;

    4 - Reforço da investigação e integração de TICs com vista ao desenvolvimento de Ambientes de Vida Assistida (AVA);

    5 - Incremento da formação e da Governação Clínica.

    Contactos

    E-mail: cncci@cncci.min-saude.pt

    Data de Atualização: 03-11-2016
Voltar