sns-container
SNS-Print

Estratégia Nacional para a Promoção da Saúde Renal e Cuidados Integrados pretende contribuir para a melhoria de cuidados preventivos e terapêuticos.

A Estratégia Nacional para a Promoção da Saúde Renal e Cuidados Integrados na Doença Renal Crónica 2023-2026 já entrou em vigor e pretende contribuir para a melhoria de cuidados preventivos e terapêuticos neste setor.

De acordo com o diploma, publicado esta segunda-feira em Diário da República, a Estratégia tem como foco servir “as pessoas que padecem de doença renal crónica e, mais amplamente, as pessoas que pertencem a populações vulneráveis e com risco de desenvolver doença renal crónica, com vista à equidade de acesso, segurança e qualidade na prestação de cuidados preventivos e terapêuticos”.

Com vista a promover a inovação centrada na pessoa, a Estratégia assenta em cinco eixos: “prevenção e acesso”, “personalização e segurança na prestação de cuidados”, “integração de cuidados”, “gestão de informação e avaliação de resultados” e “comunicação em saúde”.

O Ministério da Saúde, através da Secretaria de Estado da Promoção da Saúde, cria também a Comissão de Implementação e Monitorização da Estratégia Nacional para a Doença Renal Crónica “com a missão de definir, prosseguir e monitorizar o conjunto de medidas a implementar no cumprimento da estratégia agora aprovada”, lê-se no despacho.

Para saber mais:

Despacho n.º 12635/2023
Saúde – Gabinete da Secretária de Estado da Promoção da Saúde
Aprova a Estratégia Nacional para a Promoção da Saúde Renal e Cuidados Integrados na Doença Renal Crónica 2023-2026 e cria a Comissão de Implementação da Estratégia Nacional para a Doença Renal Crónica

Voltar

Últimas Notícias

Diplomas publicados esta semana procedem a alterações. Saiba o que muda.
22/01/2024
ULS do Nordeste assegura a cobertura de 11 dos 12 concelhos do distrito de Bragança.
22/02/2024
Secretária de Estado e Ministro da Saúde participaram no evento da DGS.
22/02/2024