sns-container
SNS-Print

“A Europa de continuar a investir na ciência e a promover uma agenda da investigação”, defendeu Manuel Pizarro.

“Portugal empenhou-se, desde a primeira hora, na resposta comum da União Europeia para enfrentar a pandemia de Covid-19”, disse Manuel Pizarro, no dia 5 de dezembro, em Bruxelas, na 2.ª conferência da HERA – Autoridade de Preparação e Resposta a Emergências Sanitárias da Comissão Europeia.

O Ministro da Saúde afirmou que o Estado Português reforçou este “compromisso”, em 2021, durante a Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia (UE), ao contribuir “ativamente” para o acordo que “hoje possibilita uma resposta europeia a emergências sanitárias e à escassez de medicamentos”.

Pizarro congratulou depois todos os Estados-membro por continuarem este objetivo. “Este trabalho da Presidência Portuguesa continua e segue o seu caminho, o que reforça a nossa solidariedade e a nossa prontidão”, disse.
“Trabalhámos arduamente na União Europeia da Saúde, nomeadamente ao alcançarmos um acordo sobre a extensão do mandato da Agência Europeia do Medicamento para atuar em emergências e perante a escassez de medicamentos”, referindo-se à criação de uma Direção Executiva para acompanhar este tema.

Neste contexto, o governante português relembrou que “em 2024 vamos ter Eleições Europeias”, identificando “a oportunidade de os cidadãos decidirem o futuro da Europa e reforçar o espírito da União”, nomeadamente na área da Saúde. “Este é um desígnio comum que devemos aspirar”, disse Pizarro.

O governante dedicou ainda parte da sua intervenção à importância da inovação na área das ciências da saúde, deixando um alerta para os riscos do uso indevido de antibióticos. “A Europa tem de continuar a investir na Ciência”, defendeu Pizarro, que identificou a necessidade de “promover e financiar uma agenda de investigação, que faça da resistência antimicrobiana um tema prioritário”.

Durante o inverno de 2022-2023, a escassez de medicamentos essenciais, como antibióticos, suscitou especial preocupação pública e política. Neste contexto, o ministro reafirmou o compromisso de Portugal com o reforço da autonomia estratégica da Europa.

Voltar

Últimas Notícias

Diplomas publicados esta semana procedem a alterações. Saiba o que muda.
22/01/2024
ULS do Nordeste assegura a cobertura de 11 dos 12 concelhos do distrito de Bragança.
22/02/2024
Secretária de Estado e Ministro da Saúde participaram no evento da DGS.
22/02/2024