sns-container
SNS-Print

Ministro da Saúde anuncia medidas para reforçar o Serviço Nacional de Saúde

O Serviço Nacional de Saúde (SNS) é uma das maiores conquistas da democracia portuguesa, e assinala esta sexta-feira, dia 15 de setembro, o seu 44.º aniversário, com novas medidas que pretendem reforçar o SNS, melhorar a qualidade e a capacidade de resposta às necessidades dos cidadãos.

O Conselho de Ministros aprovou ontem, dia 14 de setembro, um decreto-lei que estabelece o regime jurídico de dedicação plena no SNS e o regime de organização e funcionamento das unidades de saúde familiar (USF), procedendo, ainda, a atualizações das tabelas remuneratórias dos médicos e médicos internos.

Dado que este será um processo prolongado no tempo, o Ministro da Saúde, Manuel Pizarro, anunciou que que os médicos dos hospitais poderão aderir de forma voluntária e individual ao regime de dedicação plena. 

Na conferência de imprensa após a reunião do Conselho de Ministros, Manuel Pizarro sublinhou que as mudanças anunciadas vão permitir que cerca de 250 mil portugueses tenham acesso a uma equipa de saúde familiar.

O novo modelo vem “pôr fim à atomização e dispersão das unidades de saúde, organizando-as no conjunto do país em 39 Unidades Locais de Saúde (ULS), que vão agrupar os centros de saúde com os centros hospitalares e hospitais, de forma a que a organização da prestação de cuidados seja mais fácil para o percurso de cada cidadão”, afirmou Manuel Pizarro.

Voltar

Últimas Notícias

As lideranças têm um papel fundamental na motivação e no apoio aos trabalhadores, disse Margarida Tavares.
23/02/2024
"Não há melhor propósito da ciência do que salvar vidas e melhorar a qualidade de vida das pessoas", disse Manuel Pizarro.
23/02/2024
Diplomas publicados esta semana procedem a alterações. Saiba o que muda.
22/01/2024