sns-container
SNS-Print

Ministro da Saúde presidiu à cerimónia de atribuição da distinção a Constantino Sakellarides.

O Prémio Nacional de Saúde 2019 foi atribuído esta terça-feira, dia 31 de janeiro, a Constantino Sakellarides. Na cerimónia, presidida pelo Ministro da Saúde, Manuel Pizarro fez questão de salientar o percurso ímpar do médico, reforçando ainda a “capacidade de se envolver em atos profundamente transformadores” e a forma positiva com que contribuiu para a sociedade nos vários lugares que ocupou, com críticas feitas sempre com “delicadeza”. O governante agradeceu publicamente ao homenageado a sua “presença inspiradora no Serviço Nacional de Saúde”.

“Em muitos momentos, o Prof. Sakellarides trouxe à nossa vida coletiva o conhecimento, mas também trouxe ação, e essa combinação é mesmo uma combinação virtuosa que este Prémio Nacional de Saúde também pretende assinalar”, destacou o Ministro da Saúde. E acrescentou: “Precisamos de quem nos ajude a conhecer mais, o conhecimento é indispensável à ação quotidiana transformadora de uma sociedade, à ação política, mas o conhecimento também precisa de envolvimento e o Prof. Sakellarides fez essa combinação muito complexa”.

O governante referiu, também, o percurso “inabitual” que o homenageado fez, com experiência profissional e de investigação em vários países, numa altura em que as grandes viagens ainda não estavam tão democratizadas. O Ministro da Saúde agradeceu, ainda, a sua capacidade de voltar a Portugal para partilhar e implementar muito do conhecimento adquirido, enaltecendo “a capacidade de se envolver em atos profundamente transformadores, entre os quais quero destacar o acontecimento ainda em curso – porventura a precisar de um novo impulso – que é a reforma dos cuidados de saúde primários”.

O Júri de Atribuição do Prémio Nacional de Saúde deliberou distinguir o Professor Constantino Sakellarides com o Prémio Nacional de Saúde, pelo notável percurso académico e profissional e pela brilhante carreira em vários setores do sistema de saúde. Os seus contributos foram valiosos para a melhoria da eficiência e da qualidade do sistema de saúde português e para o prestígio da Saúde Pública em Portugal.

Atribuído anualmente pela Direção-Geral da Saúde, com a cerimónia de 2019 adiada pela pandemia, o Prémio Nacional de Saúde, criado em 2006, visa distinguir uma personalidade que, pela relevância e excelência no âmbito das Ciências da Saúde, tenha contribuído para a obtenção de ganhos em saúde ou para o prestígio das organizações de saúde no âmbito do Serviço Nacional de Saúde.

Constantino Sakellarides licenciou-se em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (1967). Mestre em Epidemiologia pela Escola de Saúde Pública da Universidade do Texas (EUA, 1972), e Doutorado em Saúde Pública pela Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade do Texas (EUA, 1975), é Professor Catedrático Jubilado da Escola Nacional de Saúde Pública da Universidade Nova de Lisboa, da qual foi também Diretor.

Entre outros, Constantino Sakellarides foi Diretor para as Políticas e Serviço de Saúde da OMS/Europa, Diretor-Geral da Saúde (1997-1999), e Presidente da Associação Europeia de Saúde Pública. Entre 2016 e 2018, na qualidade de Consultor do Ministro da Saúde, foi responsável pelo desenho e coordenação da iniciativa “SNS + Proximidade”. Foi membro fundador e primeiro Presidente da Fundação para a Saúde – SNS.

O júri do Prémio Nacional de Saúde 2019 foi constituído pelo Professor Doutor Walter Friederich Alfred Osswald, que presidiu, o Bastonário da Ordem dos Médicos, a Bastonária da Ordem dos Enfermeiros, a Bastonária da Ordem dos Farmacêuticos, o Bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas, o Bastonário da Ordem dos Psicólogos, o Bastonário da Ordem dos Biólogos, a Bastonária da Ordem dos Nutricionistas, o Diretor do Instituto de Higiene e Medicina Tropical e o Diretor da Escola Nacional de Saúde Pública.

Voltar

Últimas Notícias

As lideranças têm um papel fundamental na motivação e no apoio aos trabalhadores, disse Margarida Tavares.
23/02/2024
"Não há melhor propósito da ciência do que salvar vidas e melhorar a qualidade de vida das pessoas", disse Manuel Pizarro.
23/02/2024
Diplomas publicados esta semana procedem a alterações. Saiba o que muda.
22/01/2024