sns-container
SNS-Print

Saúde oral com capacidade reforçada nos cuidados primários.

A Unidade Local de Saúde de Matosinhos (ULSM) acaba de aumentar a sua capacidade de resposta em consultas de Medicina Dentária à população de Matosinhos, disponibilizando acesso referenciado a estes cuidados através de uma parceria celebrada com a Cooperativa de Ensino Superior Politécnico e Universitário (CESPU).

Através desta parceria, formalizada no dia 26 de maio, os utentes inscritos no Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) Matosinhos podem usufruir de cuidados de saúde oral na Clínica Universitária de Medicina Dentária, a funcionar em Matosinhos. Nesta fase de arranque prevê-se que sejam realizadas 24 primeiras consultas por dia, ultrapassando as mil por mês, a partir de setembro.

Até agora, e pela necessidade de priorizar uma resposta que não era acessível a todos os utentes inscritos em Matosinhos, a condição económica era um dos critérios de encaminhamento às consultas disponíveis nos centros de Saúde de Leça da Palmeira e S. Mamede de Infesta.

Neste momento, através desta parceria, todos os utentes inscritos no ACES Matosinhos, independentemente dos seus rendimentos, podem usufruir destes cuidados especializados. A única condição é a referenciação pelo médico de família.

Pioneira na prestação de cuidados de saúde oral, a ULSM abriu o primeiro serviço público de medicina dentária há 17 anos, no Centro de Saúde de Leça da Palmeira. Desde essa altura que esta área tem sido “assumida como uma prioridade e uma resposta estratégica na ULSM, bem como no contexto das políticas de Saúde definidas para o SNS”, como salientou António Taveira Gomes, presidente do Conselho de Administração da ULSM, no momento de formalização desta parceria com a CESPU.

Para saber mais, consulte:

Unidade Local de Saúde de Matosinhos – http://www.ulsm.min-saude.pt/

Voltar

Últimas Notícias

As lideranças têm um papel fundamental na motivação e no apoio aos trabalhadores, disse Margarida Tavares.
23/02/2024
"Não há melhor propósito da ciência do que salvar vidas e melhorar a qualidade de vida das pessoas", disse Manuel Pizarro.
23/02/2024
Diplomas publicados esta semana procedem a alterações. Saiba o que muda.
22/01/2024