sns-container
SNS-Print

Secretário de Estado Adjunto e da Saúde quer que mais cidades se juntem à via rápida para eliminação do VIH.

O Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, António Lacerda Sales, participou, esta quarta-feira, dia 20 de outubro, no evento Fast-Track Cities, que reuniu em Lisboa mais de 300 cidades que estão a dar respostas ao HIV, tuberculose e hepatite viral.

“O objetivo de alcançar zero discriminação deve igualmente convocar-nos para o mais elementar respeito pelos direitos humanos. Não é aceitável existir, em pleno século XXI, qualquer tipo de discriminação contra pessoas que vivem com VIH”, considerou António Lacerda Sales, que nesta sessão lançou um desafio: “Quero aproveitar a minha presença aqui hoje para lançar o desafio aos restantes concelhos do nosso país para que adiram à Declaração de Paris e entrem na via rápida para a eliminação do VIH como problema de saúde pública até 2030!”. Um desafio para o qual “estamos todos convocados”, sublinhou o governante.

Neste momento, Portugal conta já com 11 concelhos na via rápida para a eliminação do VIH e o país tem diversos casos de boas práticas identificados pela Organização Mundial da Saúde, como a Ares do Pinhal ou a Rede de Rastreio Comunitária. “Estes exemplos são um orgulho para todos nós e uma enorme motivação para continuar o bom trabalho levado a cabo nos últimos anos”, adiantou o Secretário de Estado Adjunto e da Saúde.

Voltar

Últimas Notícias

Hospital de Braga usa jogo para testar memória de doentes com esclerose múltipla.
05/12/2023
Veículo financiado pelo PRR facilita deslocações
29/11/2023
Medicamento usado para prevenir a infeção por VIH passa a ser prescrito também nos cuidados primários.
04/12/2023