sns-container
SNS-Print

Vacinas de mRNA conferem “proteção substancial” dos idosos.

As vacinas que utilizam a tecnologia mRNA, caso da Pfizer e da Moderna, apresentam uma eficácia que varia entre os 81% e os 96% contra a morte por Covid-19 nos idosos, estima um estudo nacional hoje divulgado.

O estudo epidemiológico desenvolvido pelo Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) com a colaboração dos Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) e da Direção-Geral da Saúde (DGS), apurou que, nas pessoas entre os 65 e os 79 anos, a efetividade da vacina contra internamentos foi de 94%, percentagem que baixa para os 82% nos idosos a partir dos 80 anos.

Já em relação aos óbitos associados à Covid-19, os investigadores estimaram uma efetividade das vacinas que usam a plataforma RNA mensageiro de 96% para a faixa etária dos 65 aos 79 anos e de 81% para os maiores de 80 anos.

A investigação revela que as vacinas conferem uma proteção substancial contra internamentos e óbitos relacionados com o vírus SARS-CoV-2 após o esquema vacinal completo. De acordo com o mesmo estudo, não foi observada redução da efetividade das vacinas mRNA contra internamentos e óbitos até três meses depois da toma da segunda dose, em pessoas com 80 ou mais anos de idade.

Realizado entre fevereiro e agosto, o estudo abrangeu cerca de 1,9 milhões de pessoas com 65 ou mais anos, através do cruzamento e análise dos dados registados em oito sistemas de informação do Serviço Nacional de Saúde.
Das quatro vacinas que estão a ser administradas em Portugal, as da Pfizer e da Moderna, de duas doses, utilizam esta nova tecnologia assente numa molécula denominada RNA mensageiro.

Para o desenvolvimento deste estudo, foram ainda utilizados dados provenientes do Sistema de Informação e Monitorização do SNS (SIM@SNS) e da Plataforma de Monitorização de Cuidados Primários a Pacientes COVID-19 em Isolamento (BI-TRACE COVID-19), assim como das bases de dados de Utentes do SNS, da Prescrição Eletrónica Médica e das Altas Hospitalares.

Para saber mais, consulte:

Voltar

Últimas Notícias

Farmácias com mais autotestes disponíveis a partir do fim de semana
03/12/2021
Visitas a lares e unidades de saúde possível com autoteste supervisionado.
03/12/2021
Inaugurado primeiro Espaço Cidadão numa unidade de saúde.
03/12/2021