sns-container
SNS-Print

Hospital de Guimarães dinamiza atividades junto da comunidade.

Celebra-se amanhã, dia 14 de novembro, o Dia Mundial da Diabetes. Para lembrar esta temática, a Unidade Coordenadora Funcional da Diabetes (UCFD) da região do Alto Ave, criada em 2013 e que junta o Hospital da Senhora da Oliveira Guimarães (Hospital de Guimarães) e o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Alto Ave, irá organizar várias atividades pedagógicas e preventivas, na semana de 11 a 17 novembro, em Guimarães.

Associaram-se a esta iniciativa a Câmara Municipal de Guimarães, Lions Clube de Guimarães, Laboratório da Paisagem, UCC Guimarães, UCC Novo Amanhecer, GetGreen, Guimarães Corre Corre, Solinca e o Guimagym – Clube de Ginástica de Guimarães, dando uma maior amplitude à iniciativa.

Falar de Diabetes é referir uma doença sem cura, uma doença para a vida. É já conhecida como «a pandemia da sociedade civilizada». Em Portugal, cerca de 50% da população tem ou está em risco de ter Diabetes tipo2. Os números a nível mundial também assustam: a International Diabetes Federation salienta que, se nada for feito, em 2035 quase 600 milhões de pessoas podem ter de viver com Diabetes; sensibilizando concretamente para a necessidade de diminuição do consumo de açúcar.

“A Diabetes mellitus é uma doença crónica com elevados custos humanos, sociais e económicos, em rápida expansão por todo o mundo. Tentar travar esta pandemia, e os seus respetivos custos, representa para nós um desafio que passa hoje por alertas de prevenção através da informação e formação de todos, sejam técnicos de saúde, doentes e familiares”, refere Elisa Torres, médica de Medicina Interna do Hospital, que lidera a consulta de diabetes, e a representante do HSOG na UCFD.

No HSOG existe uma consulta de diabetes há 28 anos, composta por 25 médicos e por triagem de enfermagem através de protocolo clínico implementado e seguido também no ACES do Alto Ave, para uma melhor uniformização no seguimento destes doentes.

Esta consulta é das maiores do Hospital, com um horário de funcionamento das 9h00 até às 20h00, de segunda a sexta-feira. Desde a criação da UCFD, em 2013, articulando Hospital e ACES, os tempos de resposta para os pedidos de primeira consulta são cumpridos dentro dos prazos estabelecidos pelo Ministério da Saúde. A mesma UCFD permitiu também uma melhor articulação clínica, criando um acesso direto dos médicos de Medicina Geral e Familiar do ACES aos médicos hospitalares, facilitando o diálogo e o acompanhamento dos doentes.

Para saber mais, consulte:

Hospital de Guimarães > Cartaz da Semana da Diabetes

Voltar

Últimas Notícias

Secretário de Estado da Saúde defende projetos de carreira no SNS
06/12/2019
Primeiro em Portugal a utilizar técnica com recurso a laser.
04/12/2019
SES: Morre-se menos em Portugal do que na Europa por causas evitáveis e tratáveis.
05/12/2019