sns-container
SNS-Print

SNS 24 segue mais de 2.800 idosos em situação de fragilidade.

O SNS 24 contactou perto de 17.500 idosos com mais de 75 anos, até final de fevereiro, no âmbito do projeto «Proximidade Sénior», que arrancou em meados de dezembro de 2018. Deste número, cerca de 2.800 (17%) encontram-se «em situação de fragilidade».

A avaliação de risco é feita com base em fatores físicos, sociais e psicológicos, como falta de memória, limitações nos movimentos, algum isolamento, ou com dificuldades em resolver problemas. Realiza-se com o consentimento dos idosos e, quando preenchem os critérios de fragilidade, passam a ser acompanhados semanalmente pelo SNS 24.

Em declarações ao jornal Público, Micaela Monteiro, responsável pelo SNS 24, referiu que «uma das pedras basilares da nova estratégia é entender o SNS 24 como prestador de serviços de saúde à distância — por telefone ou acesso digital — em estreita articulação com os serviços presenciais, como os cuidados de saúde primários ou hospitalares».

Este projeto arrancou com os Agrupamentos de Centros de Saúde (ACES) Oeste Sul e Porto Oriental. O alargamento do projeto dependerá, em primeiro lugar, dos resultados da sua avaliação e depois da disponibilidade de envolvimento dos ACES, dada a relevância da integração de cuidados.

Para saber mais, consulte:

Serviços Partilhados do Ministério da Saúde > Destaques

Voltar

Últimas Notícias

INSA organiza encontro nos dias 26 e 27 de setembro.
17/07/2019
Relatório do Programa Nacional foi apresentado no Porto.
17/07/2019
CMIN realiza procedimento inovador para malformações vaginais.
17/07/2019