sns-container
SNS-Print

Atividade gripal em fase de estabilização.

Durante a quinta semana de 2019, de 28 de janeiro a 3 de fevereiro, registou-se em Portugal uma taxa de incidência de síndrome gripal de 69,5 por cada 100.000 habitantes, o que revela uma provável estabilização da atividade gripal.

Estes dados foram divulgados no Boletim de Vigilância Epidemiológica da Gripe do Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (INSA) onde se destaca, no período indicado, uma atividade gripal epidémica de intensidade moderada e tendência estável.

Nesta semana foram predominantemente detetados em circulação os vírus da gripe dos subtipos A(H1)pdm09 e A(H3). Os vírus do tipo B foram detetados esporadicamente e em número reduzido desde o início da época de vigilância.

Segundo os dados do INSA, foram reportados 17 casos de gripe pelas 25 Unidades de Cuidados Intensivos que enviaram informação, tendo sido identificado o vírus Influenza A em todos os doentes: seis A(H1)pdm09, um A(H3) e dez não subtipados. Foram ainda reportados três casos de gripe por uma enfermaria, tendo sido identificado o vírus Influenza A(H1)pdm09 em dois casos e o A(H3) em um.

Para saber mais, consulte:

Instituto Ricardo Jorge > Boletim de Vigilância Epidemiológica da Gripe

Voltar

Últimas Notícias

Ministra sublinhou o contributo das farmácias para o SNS.
23/04/2019
CHEDV instala sistema para avaliar satisfação do utente em tempo real
23/04/2019
IPST apela à doação, dia 24, no MAR Shopping Matosinhos.
23/04/2019