sns-container
SNS-Print

DGS assinala Dia Internacional da Tolerância Zero à MGF.

No âmbito do Dia Internacional de Tolerância Zero à Mutilação Genital Feminina (MGF), que se assinala esta quarta-feira, dia 6 de fevereiro, a Direção-Geral da Saúde (DGS) associa-se a esta iniciativa chamando à atenção de todos os profissionais de saúde para esta realidade, em particular daqueles que prestam cuidados a mulheres e crianças.

Associa-se, também, a todas as mulheres e meninas submetidas à MGF que vivem em Portugal. Estas mulheres procuram os cuidados de saúde pelas mais variadas razões. O facto de terem passado por este acontecimento é central na forma como vivenciam os seus relacionamentos afetivos, a sua intimidade e a sua vida em geral. Os profissionais de saúde devem saber como abordar este tema, porque as mulheres já submetidas à MGF podem não falar espontaneamente sobre o assunto. E esta questão é importante na abordagem clínica, em particular nas áreas da saúde mental, saúde sexual e saúde reprodutiva.

A Estratégia Nacional para a Igualdade e a Não-Discriminação 2018-2030 – Portugal + Igual assume como uma das suas orientações o combate às práticas tradicionais nefastas, nomeadamente a mutilação genital feminina (MGF). Prevê para esse fim medidas específicas, no âmbito do Plano de Ação para a Prevenção e o Combate à Violência contra as Mulheres e à Violência Doméstica 2018-2021.

Produzido com o propósito de fornecer matéria de reflexão para profissionais e demais interessados no tema, o Relatório «Mutilação Genital Feminina – Análise dos casos registados na PDS/RSE- PP 2014 – 2017» disponibiliza dados importantes que contribuem para melhorar a caracterização e o conhecimento sobre esta prática (mutilação genital/corte). Fornece ainda outros dados relevantes a ela associados, como seja a morbilidade relacionada com as diversas complicações.

Relatório elaborado pela Divisão de Saúde Sexual, Reprodutiva, Infantil e Juvenil com a análise dos casos de Mutilação Genital Feminina (MGF) introduzidos (registados) no «Registo de Saúde Eletrónico – Portal do Profissional» (RSE- PP).

Para saber mais, consulte:

Voltar

Últimas Notícias

Ministra sublinhou o contributo das farmácias para o SNS.
23/04/2019
CHEDV instala sistema para avaliar satisfação do utente em tempo real
23/04/2019
IPST apela à doação, dia 24, no MAR Shopping Matosinhos.
23/04/2019