sns-container
SNS-Print

Fundação Eugénio de Almeida apoia projeto com «excelentes resultados».

A Equipa de Cuidados Continuados Integrados 24 (ECCI24), de Évora, um projeto piloto a nível nacional, tem vindo a produzir «excelentes resultados», confirmou o Presidente da Administração Regional de Saúde do Alentejo, José Robalo, à Lusa. O sucesso está na origem do protocolo de colaboração, assinado esta quarta-feira, 27 de junho, com a Fundação Eugénio de Almeida, para a constituição de uma Bolsa Dedicada de Voluntariado para apoio à ECCI24.

A ECCI24, integrada no Agrupamento de Centros de Saúde do Alentejo Central, é diferente das equipas domiciliárias convencionais, dispondo de enfermeiro, psicólogo, fisioterapeuta, nutricionista, terapeuta da fala, entre outros profissionais, que prestam um apoio a tempo inteiro, 12 horas por dia em regime presencial e as restantes 12 horas através do telefone.

A resposta domiciliária, nascida no final de 2016 e que deverá ser alargada a Estremoz (Évora), depende da existência de condições para o doente permanecer em casa, permitindo que a reabilitação seja feita em ótimas condições e o necessário apoio ao cuidador.

A Bolsa Dedicada de Voluntariado vai arrancar com dez voluntários, que já finalizaram a formação específica, ministrada pela Fundação Eugénio de Almeida, para apoio a cuidados continuados. Entre as suas tarefas, estarão o apoio na deslocação a consultas, levantamento de medicamentos, fazer companhia e conversar, dignificando e melhorando a qualidade de vida dos utentes, familiares e cuidadores.

Além dos resultados em saúde, destaca-se o facto de a ECCI24 ter um custo mais baixo do que o internamento na rede de cuidados continuados integrados. No ano de 2017, apoiou a tempo inteiro 25 doentes do concelho de Évora.

Com Lusa.

Para saber mais, consulte:

Administração Regional de Saúde do Alentejo – http://www.arsalentejo.min-saude.pt/

Voltar

Últimas Notícias

Saúde dos pés foi mote de ação dedicada a Dia Mundial da Diabetes
19/11/2018
DGS organiza seminário, dia 20 de novembro, em Lisboa.
19/11/2018
Controlo de infeções e resistência a antibióticos em debate dia 19
19/11/2018