sns-container
SNS-Print

Ministério Saúde promove antestreia do filme «Opte por Amar Mais».

O Secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Fernando Araújo, participou na apresentação da antestreia da curta-metragem «Opte Por Amar Mais», que dará corpo a uma nova campanha da luta contra o tabagismo, desenvolvida pela Direção-Geral da Saúde.

A iniciativa decorreu esta sexta-feira,  dia 30 de maio de 2018, entre as 18 e as 20 horas, na sala 5 dos Cinemas NOS, no Centro Comercial Vasco da Gama, em Lisboa.

Na antestreia participaram também o Secretário de Estado da Educação, João Costa, a Diretora-Geral da Saúde, Graça Freitas, e o Diretor-Geral de Educação, José Vítor Pedroso.

A protagonista da curta-metragem, Paula Neves, o realizador André Badalo e as duas guionistas também se juntaram ao painel de discussão.

A curta-metragem «Opte por Amar Mais», de André Badalo, conta a história de Maria, uma mulher com cancro do pulmão num estádio avançado que continua a fumar. Esta campanha, protagonizada pela atriz Paula Neves, foi idealizada por duas jovens de 18 anos, alunas da Escola Profissional de Artes, Tecnologias e Desporto, e tem por base os números mais recentes sobre o consumo de tabaco.

O último relatório do Programa Nacional para a Prevenção e Controlo do Tabagismo veio confirmar que os homens portugueses estão a fumar menos, em contraciclo com o grupo das mulheres onde se tem assistido a um preocupante aumento do consumo.

O consumo de tabaco é responsável por 10,6% das mortes em Portugal, o que significa que o tabaco mata um português a cada 50 minutos. As mulheres estão a adoecer e a morrer mais por doenças associadas ao tabaco. O relatório das doenças oncológicas, publicado em 2017, destacou o «aumento de 15% da mortalidade no sexo feminino», entre 2014 e 2015, por tumores malignos de traqueia, brônquios e pulmão. Em 2014, de acordo com o último Inquérito Nacional de Saúde, uma em cada 10 mulheres com 15 ou mais anos fumava.

A realidade exige um reforço da luta antitabágica, sobretudo junto dos mais jovens e, em particular, junto das mulheres.

O Ministério da Saúde definiu como um dos seus eixos prioritários de ação a promoção de saúde pública, dando especial ênfase às áreas da luta contra o tabagismo, promoção da alimentação saudável e promoção da atividade física.

E, sendo claro que a mudança de comportamentos se consegue, em grande parte, com educação, o Ministério da Saúde acredita que a aposta na literacia e, neste sentido, em campanhas nacionais de promoção de saúde pública se traduzirá em melhorias nos comportamentos e nos estilos de vida dos portugueses.

Na ocasião, foi assinado um protocolo inédito de colaboração entre a Direção-Geral da Saúde e a NOS Lusomundo Cinemas, tendo em vista  a divulgação de três campanhas anuais de promoção da Saúde Pública, das quais a campanha nacional de luta contra o tabagismo será a primeira.

Foi também assinado um protocolo entre a Direção-Geral da Saúde e a Direção-Geral da Educação para desenvolver e implementar nas escolas um conjunto de iniciativas estruturadas e continuadas de prevenção e controlo do tabagismo.

Para saber mais, consulte:

Voltar

Últimas Notícias

MyCHTS visa melhorar a acessibilidade e proximidade com os utentes.
18/10/2018
Hospital com exames de TAC com baixas doses de radiação.
18/10/2018
Neste inverno não se deixe apanhar pela gripe. Vacine-se!
18/10/2018