sns-container
SNS-Print

Investimento destina-se a programa de eficiência energética.

O Instituto Português de Oncologia de Lisboa Francisco Gentil (IPO Lisboa) vai investir 6,9 milhões de euros (M€) em equipamentos e infraestruturas de produção central de água quente e água fria através da instalação de quatro chillers/bombas de calor industriais de última geração. Do montante total do investimento, 6,5 milhões de euros provêm de fundos comunitários, através do Programa Operacional de Sustentabilidade e Eficiência – POSEUR. Com este projeto, o hospital estima reduzir a fatura energética em cerca de meio milhão de euros por ano.

O programa permitirá trocar as duas caldeiras a vapor, instaladas na década de 70, e 51 chillers por um moderno sistema de produção centralizada de água quente e água fria.

O IPO Lisboa informa que, no âmbito do POSEUR, obteve ainda financiamento para a substituição de 22 elevadores, por equipamentos mais modernos e com condições de transporte de pessoas com mobilidade reduzida. O investimento contempla também o isolamento térmico da cobertura do Pavilhão de Rádio e a instalação de um parque fotovoltaico na cobertura do Pavilhão Central.

Este investimento resulta de uma candidatura do IPO Lisboa a uma linha de financiamento do POSEUR, que visa aumentar a eficiência energética nos edifícios da administração pública, através da instalação de equipamentos e redes de elevada eficiência energética, reduzindo a dependência de combustíveis fósseis, as emissões de carbono e a fatura energética.

«Os projetos deverão estar concluídos até final de abril de 2020», revela ainda o IPO Lisboa.

Visite:

IPO Lisboa – http://www.ipolisboa.min-saude.pt/

Voltar

Últimas Notícias

Hospital de Santarém e IP Santarém assinam protocolo de cooperação
26/11/2021
Aprovado diploma que reforça as respostas de cuidados continuados.
26/11/2021
Ministra da Saúde inaugurou o novo acelerador linear.
26/11/2021