A importância de prevenir infeções sexualmente transmissíveis.

A Direção-Geral da Saúde (DGS), o Programa Nacional para a Infeção VIH Sida (PN VIH Sida) e o Programa Nacional para as Hepatites Virais assinalam o Dia Internacional do Preservativo, que se comemora a 13 de fevereiro, através de algumas iniciativas que visam a sensibilização da população para a utilização do preservativo enquanto meio preventivo de infeções sexualmente transmissíveis, nomeadamente da infeção por VIH e da hepatite B.

Além da versão em português do folheto sobre prevenção, até agora disponibilizada em formato papel, os mesmos conteúdos foram traduzidos em inglês e mandarim, em parceria com o Alto Comissariado para as Migrações, e disponibilizados, em suporte digital, a todas a entidades que recorrem ao Programa de Distribuição Gratuita de Materiais Preventivos e Informativos da DGS/PN VIH Sida.

Desta forma, pretende-se abranger populações-chave que, por não dominarem o idioma, não estavam contempladas no processo de divulgação/informação sobre medidas preventivas da infeção por VIH.

De acordo com os dados mais recentes, o acesso ao preservativo masculino tem vindo a aumentar de forma consistente desde 2013, sendo de referir algumas oscilações relativamente ao acesso aos preservativos femininos no mesmo período.

Numa altura em que se ponderam novas estratégias de prevenção, o preservativo continua a ser um meio de fácil acesso e altamente eficaz na prevenção de infeções sexualmente transmissíveis e da gravidez indesejada.

Para mais informações, consulte:

Direção-Geral da Saúde > Nota de imprensa

Voltar

Últimas Notícias

SEAS participa em reunião bilateral sobre luta contra o tabaco.
22/05/2018
Ministro da Saúde lamenta a perda do pai do SNS.
21/05/2018
Ministro da Saúde discursou na 71.ª Assembleia Mundial, em Genebra.
21/05/2018