sns-container
SNS-Print

CHBM registou 1.541 partos em 2017.

Durante 2017, o Centro Hospitalar Barreiro Montijo (CHBM) registou 1.541 partos, mais 157 (um acréscimo de 11 %) do que no ano anterior. Este aumento reflete o trabalho desenvolvido pela equipa do serviço de obstetrícia e da urgência obstétrica e ginecológica (bloco de partos), com a criação de diversos projetos de proximidade junto das grávidas e puérperas.

O CHBM disponibiliza um curso de preparação para o parto e parentalidade e recuperação pós-parto, realizado por uma equipa multidisciplinar, que visa a preparação para o parto pelo método psicoprofilático, a preparação física e emocional da grávida, formação e apoio ao aleitamento materno e, a partir de janeiro, ioga para grávidas.

No bloco de partos está implementado o projeto «Maternidade com qualidade», que pretende favorecer a fisiologia do trabalho de parto, permitindo que a mulher possa fazer escolhas informadas sobre o seu trabalho de parto e parto. Este projeto prevê a ingestão de líquidos durante o trabalho de parto, aplicação de medidas não farmacológicas de alívio da dor, musicoterapia, massagem Shiatsu, posições não supinas no trabalho de parto e parto, episiotomia seletiva, amamentação e contacto pele-a-pele na primeira hora de vida. O trabalho de parto é feito num quarto individual, podendo a parturiente ter um acompanhante ao seu lado durante todo o processo.

Quando o bebé nasce, ainda no bloco de partos, é colocada uma pulseira antirrapto no recém-nascido, que é retirada após a alta. Durante o internamento, e com o objetivo de detetar precocemente algum problema de saúde, o bebé realiza, entre outros procedimentos, o rastreio auditivo neonatal universal, o rastreio do olho vermelho e o rastreio de cardiopatias congénitas críticas por oximetria de pulso. Antes de saírem da maternidade, os pais podem fazer o registo do seu bebé num espaço contíguo ao serviço de obstetrícia, onde é ainda possível fazer o cartão do cidadão.

No serviço de obstetrícia funciona o cantinho de amamentação, onde a equipa de enfermeiros proporciona apoio durante o processo de amamentação, podendo as mães recorrer a este espaço mesmo após a alta. Já em casa, as puérperas podem contactar a equipa de enfermagem deste serviço, através de uma linha de telefónica disponível 24 hora por dia, até 6 semanas após o parto, para o esclarecimento de dúvidas que possam surgir.

Recorde-se que o CHBM é um Hospital Amigo dos Bebés desde 2012, por cumprir as dez medidas para um aleitamento materno de sucesso, definidas pela Organização Mundial de Saúde e pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância.

Para saber mais, consulte:

Centro Hospitalar Barreiro Montijo > Destaques

Voltar

Últimas Notícias

Ministérios da Administração Interna e da Saúde desenvolvem campanha para o uso correto do 112.
16/11/2018
Rutura de stock não se aplica. Vacina continua a ser administrada. 
16/11/2018
Verba destina-se a requalificação do SU em Abrantes.
16/11/2018