sns-container
SNS-Print

Hospital Garcia de Orta com mais 31 camas.

O Hospital Garcia de Orta (HGO) aumentou a sua capacidade de internamento em 31 camas, passando a ter uma lotação total de 586 camas. A abertura da nova unidade de internamento integra a primeira fase do processo de ampliação do HGO, num investimento que rondou os 400.000 mil euros.

A segunda fase do processo de ampliação iniciará brevemente, com a abertura do concurso público internacional para a construção de um edifício de ambulatório, cuja conclusão deverá coincidir com a abertura do Hospital do Seixal, no 1.º trimestre de 2020. O investimento desta segunda fase, que se estima em 10,6 milhões de euros, deverá ser executado em 3 anos e permitirá a recuperação de mais 75 camas.

Com a ampliação total prevê-se que o HGO fique com uma lotação de 620 camas no edifício principal, próxima da lotação inicial prevista para este hospital. Este processo de ampliação, em complementaridade com o Hospital do Seixal, permitirá a criação do Centro Hospitalar Garcia de Orta, projeto com quase 10 anos, melhorando definitiva e significativamente os cuidados prestados às populações de Almada, Seixal e Sesimbra, com cerca de 400 mil habitantes.

O processo de requalificação em curso permitirá, também, a autossuficiência de cuidados da península de Setúbal, em articulação e em complementaridade com as restantes unidades hospitalares da região (Centros Hospitalares do Barreiro Montijo e de Setúbal), com uma população que ronda os 800 mil habitantes. Permitirá, ainda, reduzir a transferência de doentes da zona sul para os hospitais de Lisboa.

Para saber mais, consulte:

Hospital Garcia de Orta > Notícias

Voltar

Últimas Notícias

Ministra da Saúde marca presença na antestreia, dia 12 de novembro.
12/11/2018
Intervenção na área materno-infantil deve estar concluída em 2019.
12/11/2018
Vacinação é principal forma de prevenção da doença.
12/11/2018