sns-container
SNS-Print

Revogada medida que permitia vacinação gratuita de viajantes.

A medida temporária e excecional que permitia a vacinação gratuita de viajantes com destino a países endémicos foi revogada, uma vez que o circuito comercial das vacinas contra a hepatite A está regularizado.

De acordo com a Direção-Geral da Saúde, as vacinas contra a hepatite A voltaram a estar disponíveis nas farmácias comunitárias, em formulação pediátrica e adulto. Assim,  os viajantes com destino a países endémicos deverão comprar as vacinas nas farmácias, mediante prescrição médica.

A avaliação da necessidade de vacinação contra a hepatite A pode ser realizada na Consulta do Viajante ou por médico assistente.

A hepatite A, uma infeção viral que causa a inflamação aguda do fígado, transmite-se pela ingestão de água e alimentos contaminados ou através de práticas sexuais de risco. A infeção previne-se através da vacinação e da lavagem das mãos, antes e durante a preparação de alimentos, e da região genital e perianal, antes e depois das relações sexuais.

Para saber mais, consulte:

Direção-Geral da Saúde >  Hepatite A – Vacinação de viajantes

Voltar

Últimas Notícias

Mais de 2.000 médicos já passam receitas por telemóvel.
19/03/2019
Média anual de casos de tuberculose caiu 4,7% entre 2008 e 2017.
19/03/2019
IPO Porto assinala Dia da Esperança com lançamento de campanha.
19/03/2019