sns-container
SNS-Print

Apresentação da candidatura portuguesa à EMA.

O Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, a Secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Ana Paula Zacarias, bem como os representantes do INFARMED – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde e da Câmara Municipal do Porto reúnem-se esta quarta-feira, dia 20 de setembro, com o Comissário Europeu responsável pela Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas, e com o Comissário responsável pela Saúde e a Segurança Alimentar, Vytenis Andriukaitis, em Bruxelas.

Neste encontro, o Governo quer dar a conhecer com maior detalhe a candidatura do Porto à relocalização da Agência Europeia do Medicamento (EMA).

Durante a visita, Carlos Moedas referiu que «é importante mostrar a candidatura e estar aqui, mas o trabalho de bastidores fará toda a diferença», acrescentando ter um «good feeling em relação ao Porto».

Para os governantes portugueses, a cidade do Porto apresenta condições ótimas para acolher a sede daquela instituição europeia, assegurando uma transição rápida que permita que a atividade da agência do medicamento não sofra interrupções.

O Ministro da Saúde pretende ainda realçar a qualidade da autoridade nacional do medicamento (INFARMED) e o seu reconhecimento internacional como uma mais-valia da candidatura. Neste sentido, Adalberto Campos Fernandes sublinhou, no encontro com Carlos Moedas, que «primeiro temos de passar no exame técnico, assegurar que respondemos a todos os requisitos exigidos para a relocalização da EMA e depois estaremos aptos para o exame prático e para o trabalho diplomático», acrescentando ainda ser necessário «fazer muito bem o trabalho de casa, estudar muito e ir à luta».

Portugal dispõe de valências socioecónomicas e técnico-científicas resultantes da longa participação do INFARMED no Sistema Europeu do Medicamento, cujo envolvimento ativo na construção e nos processos de avaliação científica da EMA coloca o país em destaque para acolher a agência, garantindo as necessárias condições de estabilidade para o funcionamento de todo o sistema.

A este propósito, a Secretária de Estado dos Assuntos Europeus, Ana Paula Zacarias, referiu que «num primeiro momento vamos ver como a Comissão Europeia analisa as candidaturas. Nessa análise não vai haver hierarquização, mas apenas o enunciar de que países cumprem ou não os requisitos. Num segundo momento ver-se-á se há ou não desistências».

A EMA tem sede em Londres, mas será transferida para outro país, na sequência da saída do Reino Unido da União Europeia. Portugal candidatou a cidade do Porto para receber a nova sede da Agência.

Para conhecer melhor a candidatura portuguesa, consulte:

Vídeo e site oficial da candidatura  – www.emainporto.eu

Voltar

Últimas Notícias

Ministérios da Administração Interna e da Saúde desenvolvem campanha para o uso correto do 112.
16/11/2018
Rutura de stock não se aplica. Vacina continua a ser administrada. 
16/11/2018
Verba destina-se a requalificação do SU em Abrantes.
16/11/2018