sns-container
SNS-Print

USLBA assinala Dia Mundial da Prevenção do Suicídio.

No âmbito do Dia Mundial da Prevenção do Suicídio, que se assinala no calendário a 10 de setembro, a Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (USLBA) promove várias iniciativas, ao longo do mês de setembro.

Um dos grandes motores deste movimento de divulgação é a «Campanha Setembro Amarelo» que tem como principal objetivo a conscientização sobre a prevenção do suicídio, alertando a população e as instituições sobre esta realidade. Iniciada em Brasília em 2014, tem sido estendida a várias outras localidades.

O Observatório dos Comportamentos Suicidários da Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo (USLBA), juntamente com a ARIS da Planície – Associação de Reabilitação e Integração Social da Pessoa com Experiência de Doença Mental decidiram trazer a campanha Setembro Amarelo para Beja em 2017, sendo a primeira cidade portuguesa a desenvolvê-la.

Assim, no âmbito da Campanha, vão desenrolar-se diversas atividades, como tertúlias, para debater o tema da prevenção do suicídio.

Abertas à população, as tertúlias sobre prevenção do suicídio, quatro no total, vão decorrer sempre às quartas-feiras, a partir das 18 horas, no Centro UNESCO, em Beja, e contam com a participação de especialistas na área.

No domingo, dia 10 de setembro, a partir das 10 horas, no átrio do Hospital de Beja, vai realizar-se uma cerimónia de comemoração do Dia Mundial da Prevenção do Suicídio, que será seguida do passeio de bicicleta «Juntos a pedalar».

No dia 20 de setembro, a partir das 11 horas, na sala de conferências do Hospital de Beja, vai decorrer um workshop sobre avaliação do risco suicidário a cargo de dois médicos internos de psiquiatria da ULSBA.

A campanha inclui também, até dia 16, as iniciativas «De bicicleta pelo mundo fora», com passeios de bicicleta no distrito de Beja, e «Cinco quilómetros pela prevenção do suicídio», nos ginásios da cidade.

Sobre o suicídio

A Organização Mundial de Saúde (OMS) reconhece o suicídio como uma prioridade de saúde pública.

Portugal está acima da média global de suicídios, apresentando uma taxa de 13,7 por cem mil habitantes em 2015, face a uma taxa mundial de 10,7, segundo dados OMS.

Perto de 800 mil pessoas suicidam-se todos os anos, o que significa uma pessoa a cada quarenta segundos, de acordo com os dados publicados esta semana no site da OMS.

A OMS refere também que a Europa foi a região do mundo com a mais alta taxa de suicídio (14,1 por cada cem mil habitantes), à frente de África (8,8), Américas (9,6), Sudeste asiático (12,9), Mediterrâneo Oriental (3,8) ou Pacífico Ocidental (10,8).

Para saber mais, consulte:

Unidade Local de Saúde do Baixo Alentejo > Programa

Administração Regional de Saúde do Alentejo > Notícias

 

 

Voltar

Últimas Notícias

Ministérios da Administração Interna e da Saúde desenvolvem campanha para o uso correto do 112.
16/11/2018
Rutura de stock não se aplica. Vacina continua a ser administrada. 
16/11/2018
Verba destina-se a requalificação do SU em Abrantes.
16/11/2018