sns-container
SNS-Print

ARSLVT inaugura nova unidade, dia 19 de julho.

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT), inaugura, no dia 19 de julho, pelas 10h30, a Unidade de Saúde do Carvalhal, que irá reforçar o Agrupamento de Centros de Saúde (ACES) do Médio Tejo, em Abrantes, e permitirá prestar cuidados de saúde de proximidade a 882 utentes desta região.

A cerimónia conta com as presenças da Presidente da ARSLVT, Rosa Valente de Matos, com a Diretora Executiva do ACES do Médio Tejo, Sofia Theriaga, da Presidente da Câmara Municipal de Abrantes, Maria do Céu Albuquerque, e do Presidente da Junta de Freguesia do Carvalhal, Luís Serras Vermelho.

A Unidade de Saúde do Carvalhal está inserida na Unidade de Cuidados de Saúde Personalizados de Abrantes do ACES do Médio Tejo, que no global tem uma população distribuída por 11 concelhos. No total, o ACES do Médio Tejo tem 231.439 utentes.

«A missão e o enfoque da atividade do Agrupamento de Centros de Saúde do Médio Tejo, não é apenas o tratamento da doença, mas a sua prevenção. A nossa missão transcende a vertente curativa, a mais visível no dia-a-dia. Apostamos, cada vez mais, em políticas de promoção da saúde e prevenção da doença, de modo a obtermos ganhos em saúde a médio e longo prazo e, por essa via, diminuirmos o consumo de recursos das gerações futuras», explica a Diretora Executiva do ACES Médio Tejo, Sofia Theriaga.

A ARSLVT dá, assim, continuidade ao compromisso de melhorar a resposta assistencial aos seus 3,6 milhões de utentes. A missão desta instituição passar por garantir, à população da Região Lisboa e Vale do Tejo, o acesso à prestação de cuidados de saúde de qualidade, adequando os recursos disponíveis às necessidades em saúde.

Visite:

Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo – http://www.arslvt.min-saude.pt/

Voltar

Últimas Notícias

INEM participa no exercício de cibersegurança CIBERPERSEU.
15/11/2018
Especialistas reforçam equipa do Centro de Saúde de Portimão.
15/11/2018
Satisfação dos doentes do IPO Lisboa continua muito elevada.
14/11/2018