sns-container
SNS-Print

Campanha prolonga-se até 14 de julho. Participe!

«Dê sangue. A+ dentro de si» é o mote da campanha que desafia todos os portugueses a darem um pouco de si. Trata-se da 16.ª edição desta ação, organizada pela Mundicenter em parceria com o Instituto Português do Sangue e da Transplantação (IPST).

A campanha tem como objetivo repor as reservas de sangue que habitualmente registam maior escassez no período de férias, pretendendo  igualmente fidelizar os dadores já existentes e angariar novos.

Nilton é o embaixador desta campanha, sendo o protagonista do apelo que convida todos os Portugueses a dar sangue. Segundo o humorista, «por cada dádiva, é possível salvar até três vidas e devolver a alegria a muitas outras pessoas». E acrescenta: «Eu não sei o que é que a malta acha, mas, para mim, isso é que me faz rir a bandeiras despregadas.»

A recolha vai realizar-se no Amoreiras Shopping Center, Arena Shopping, Braga Parque, Oeiras Parque, Spacio Shopping e Strada Outlet. Durante a iniciativa, que decorre entre as 14 e as 20 horas, será também possível efetuar o registo como dador de medula óssea.

Ao longo de 15 anos de inúmeras edições de sucesso, esta campanha já garantiu o registo de cerca de 30 mil dadores de sangue, reunindo mais de 20.200 unidades de sangue que ajudaram 60 mil pessoas.

Quem pode doar sangue

Podem doar sangue todas as pessoas com bom estado de saúde, com hábitos de vida saudáveis, peso igual ou superior a 50 kg e idade compreendida entre os 18 e os 65 anos. Para uma primeira dádiva, o limite de idade é 60 anos.

A dádiva de sangue é benévola e não remunerada.  A doação de sangue pode ser feita de quatro em quatro meses pelas mulheres e de três em três meses pelos homens.

No dia da dádiva deve:

Beber mais líquidos, preferencialmente água. Meia hora antes da dádiva é aconselhável beber meio litro de água.

Tomar uma refeição ligeira (sopa/fruta ou sandes/fruta + água/sumo).

Evitar fazer exercício físico no dia da dádiva e no dia seguinte.

Como tudo funciona?

O percurso da dádiva inicia-se com a inscrição, passa pela triagem clínica, colheita e termina com uma pequena refeição, num total de cerca de 25 minutos.

Na dádiva são apenas colhidos cerca de 450 ml (o equivalente a +/- 10% de sangue total do nosso corpo, que ronda os 5 litros), cujas proteínas e células sanguíneas são rapidamente repostas pelo organismo.

Para saber mais, consulte:

Voltar

Últimas Notícias

Ministérios da Administração Interna e da Saúde desenvolvem campanha para o uso correto do 112.
16/11/2018
Rutura de stock não se aplica. Vacina continua a ser administrada. 
16/11/2018
Verba destina-se a requalificação do SU em Abrantes.
16/11/2018