sns-container
SNS-Print

INEM aumenta dispositivo de socorro no Algarve.

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) divulga que já está a reforçar o seu dispositivo de socorro e emergência médica no Algarve, tendo em vista a chegada do verão e o aumento substancial da população na região, nessa época do ano.

Assim, ao dispositivo já existente, que era composto por 37 meios de emergência médica, acrescentam-se mais um motociclo de emergência médica em Portimão, três ambulâncias de emergência médica com tripulação do INEM na Cruz Vermelha Portuguesa em Armação de Pera, Altura e Albufeira. 

Quem escolher a região do Algarve para passar as suas férias tem a garantia de que o dispositivo de emergência médica na região é robusto e tem capacidade para dar resposta às necessidades.

Meios de Emergência Médica Algarve Portugal Continental
Helicóptero de Emergência Médica 1 5
Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) 3 44
Ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) 4 40
Ambulância de Transporte Inter-Hospitalar Pediátrico (TIP) 1 4
Unidade Móvel de Intervenção Psicológica de Emergência 1 4
Ambulância de Emergência Médica (AEM) 6 56
Motociclo de Emergência Médica (MEM) 1 8
Posto de Emergência Médica (MEM) 16 300
Ambulância de Socorro de Reserva c/protocolo INEM 2 157
Ambulância de Socorro s/protocolo INEM 2 37
N.º Total de Meios 37 655
População Residente 450.966 10.030.968
N.º Meios p/100.000 habitantes 8,2 6,5

 

A decisão de reforçar os meios de emergência à disposição da população na região do Algarve, baseia-se numa análise pormenorizada das ocorrências nesta região. Ainda assim, como demonstram os dados disponíveis, o aumento da população durante o período estival não tem um aumento proporcional do número de solicitações ao INEM, mas justifica a necessidade de serem realizados ajustamentos regionais para melhorar a capacidade de resposta.

O reforço de meios em questão vai estar operacional até ao dia 30 de setembro. Nesse sentido, o INEM não pode deixar de agradecer a capacidade demonstrada pelas Corporações de Bombeiros e Delegações da Cruz Vermelha Portuguesa para, em estreita articulação com os meios do INEM, darem uma resposta eficaz no que concerne à assistência médica pré-hospitalar e, durante este período, colaborarem no esforço de reforço do dispositivo implementado para garantir maior segurança a todos os que escolherem o Algarve para as suas férias.

O INEM reforçou recentemente a sua presença na região, com a reativação funcional da Delegação Regional do Algarve, a qual havia sido desativada em 2012.

A este propósito, o INEM recorda que em caso de emergência médica deve sempre utilizar o Número Europeu de Emergência – 112. Informe de um modo simples e claro:

  • A localização exata e, sempre que possível, com indicação de pontos de referência. Esta localização é imprescindível para enviar a ajuda necessária, devendo ser o mais completa possível;
  • O número de telefone do qual está a ligar;
  • O tipo de situação (doença, acidente, parto, etc.);
  • O número, o sexo e a idade aparente das pessoas a necessitar de socorro;
  • As queixas principais e as alterações que observa;
  • A existência de qualquer situação que exija outros meios para o local, por exemplo, libertação de gases, perigo de incêndio, etc.

 

A chamada será atendida por profissionais qualificados, médicos e técnicos, com formação específica para efetuarem o atendimento, triagem, aconselhamento, seleção e envio de meios de emergência.

Para saber mais, consulte:

INEM – http://www.inem.pt/

Voltar

Últimas Notícias

Saúde dos pés foi mote de ação dedicada a Dia Mundial da Diabetes
19/11/2018
DGS organiza seminário, dia 20 de novembro, em Lisboa.
19/11/2018
Controlo de infeções e resistência a antibióticos em debate dia 19
19/11/2018