sns-container
SNS-Print

Ministro da Saúde, na Sofarimex, destaca candidatura a sede da EMA.

O Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, inaugurou a Unidade de Produtos Estéreis/Liofilizados da Sofarimex – Indústria Química e Farmacêutica, esta terça-feira, 2 de maio, em Sintra. A unidade industrial, para produção de líquidos e formas sólidas, está integrada no Grupo Azevedos.

A nova unidade industrial representou um investimento de cerca de nove milhões de euros. Com uma capacidade de produção de 12 milhões de unidades por ano, cria cerca de 30 novos postos de trabalho.

O Ministro da Saúde aproveitou a ocasião para apelar ao envolvimento dos sectores empresarial e académico na candidatura para receber a sede da Agência Europeia do Medicamento (EMA), em Lisboa, decidida em Conselho de Ministros do passado dia 27 de abril. Salientou a importância de refletir, para o exterior, a competitividade do País, nas perspetivas da inteligência, da inovação, da indústria.

Adalberto Campos Fernandes salientou, ainda, a importância do sector da saúde no dinamismo da economia e o seu peso nas exportações portuguesas, enaltecendo a independência do País e dos seus atores perante as grandes multinacionais.

Candidatura de Portugal a sede da EMA

A sede da EMA terá se ser relocalizada, com base numa decisão que será tomada em dezembro, em consequência da saída do Reino Unido da União Europeia.

A agência tem como missão promover a excelência científica na avaliação, supervisão e monitorização da segurança dos medicamentos cuja utilização se destine à União Europeia e Espaço Económico Europeu, trabalhando em conjunto com cerca de 50 autoridades nacionais do medicamento.

A presença da EMA é um fator de prestígio para o país que a acolhe e tende a atuar como polo de atração da presença da indústria farmacêutica, potenciando, em particular, as áreas de investigação e desenvolvimento e os ensaios clínicos.

Lisboa reúne as condições adequadas para acolher uma agência com o perfil da EMA, tendo nomeadamente uma excelente localização geográfica, com boas acessibilidades, incluindo aéreas, e capacidade hoteleira instalada. É uma cidade moderna, cosmopolita e dotada de excelentes infraestruturas de transporte, comunicação, educação de nível e perfil internacionais e habitação, condizentes com os mais elevados padrões de vida europeus, a par de um contexto económico competitivo.

Portugal tem também as capacidades técnicas e científicas para acolher a EMA, sendo que o INFARMED – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde, IP, tem hoje uma posição cimeira no âmbito dos procedimentos de avaliação de medicamentos e na coordenação de comités e grupos de trabalho da EMA.

 

Voltar

Últimas Notícias

Ministérios da Administração Interna e da Saúde desenvolvem campanha para o uso correto do 112.
16/11/2018
Rutura de stock não se aplica. Vacina continua a ser administrada. 
16/11/2018
Verba destina-se a requalificação do SU em Abrantes.
16/11/2018