Hospitais Lisboa e Vale do Tejo revelam melhorias em 2017.

A Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo (ARSLVT) destaca que os hospitais da região de saúde de Lisboa e Vale do Tejo registaram, no primeiro trimestre deste ano, significativas melhorias em todos os indicadores da sua produção assistencial, comparativamente a período homólogo de 2016.

De acordo com um comunicado da ARSLVT, emitido no dia 24 de abril, a evolução das principais linhas de atividade do primeiro trimestre de 2017 permite salientar o reforço da oferta efetiva de mais cuidados de saúde, nomeadamente:

  • Os doentes saídos aumentaram 2,5%, o que corresponde a um acréscimo de 1.618 doentes;
  • As cirurgias aumentaram 11,4%, em mais 5.175 cirurgias. Destaca-se o aumento da cirurgia programada, nomeadamente a de ambulatório, que representa um reforço de 24% (5.152 cirurgias);
  • Os atendimentos em urgência diminuíram 11%, conforme pretendido e de acordo com os objetivos traçados para este tipo de atendimento. A única urgência que apresenta um ligeiro crescimento de 0,5% é a obstétrica;
  • As consultas médicas aumentaram, com particular destaque para o acréscimo de 2,8% nas primeiras consultas.

 

atividadearslvt

 

Para saber mais, consulte:

Administração Regional de Saúde de Lisboa e Vale do Tejo – Notícias

Voltar

Últimas Notícias

Relatório revela redução das infeções e consumo de antibióticos.
15/12/2017
Primeira ambulância entregue com novo modelo de financiamento.
15/12/2017
INFARMED já instaurou 30 processos de contraordenação em 2017.
15/12/2017