INEM coloca rádios SIRESP em hospitais.

O Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) instalou rádios SIRESP (Sistema Integrado de Redes de Emergência e Segurança de Portugal) nos hospitais do segundo e terceiro eixos do Plano de Contingência do Ministério da Saúde por ocasião do Centenário das Aparições de Fátima. A colocação do rádio SIRESP no Centro Hospitalar Lisboa Norte, mais concretamente no Hospital de Santa Maria, que decorreu esta sexta-feira, 21 de abril, conclui o processo de instalação destes equipamentos.

A cerimónia contou com a participação do Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, da Comissão de Gestão do Plano de Contingência para as Comemorações do Centenário das Aparições de Fátima e de alguns elementos do INEM.

Este rádio passará a funcionar como rede de comunicação dedicada entre o Instituto e os hospitais, constituindo-se como redundância da rede telefónica habitual, e estará operacional 24 horas por dia.

O INEM recorda que, no âmbito do Plano de Contingência do Ministério da Saúde para as Comemorações do Centenário das Aparições de Fátima, o primeiro eixo de resposta a eventuais necessidades de cuidados de saúde será assegurado pela emergência médica pré-hospitalar.

O segundo eixo será garantido pelos hospitais em maior proximidade geográfica e será composto pelo Hospital Distrital de Santarém, Centro Hospitalar do Médio Tejo, Centro Hospitalar do Oeste e Centro Hospitalar de Leiria.

Existirá ainda um terceiro eixo que é constituído por unidades hospitalares com serviços de urgência polivalentes e maior capacidade para doentes críticos: Centro Hospitalar do Porto, Centro Hospitalar São João, Centro Hospitalar de Lisboa Central, Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra e Centro Hospitalar Lisboa Norte. Os últimos dois centros hospitalares estarão em primeira linha para as situações mais graves, oferecendo sempre uma alternativa.

A utilização da rede rádio SIRESP permite responder com eficácia a todos os desafios colocados às forças de segurança e de proteção civil na sua atuação diária ou em cenários de emergência – catástrofes, acidentes ou incêndios de grandes proporções.

Para saber mais, consulte:

Instituto Nacional de Emergência Médica, IP – http://www.inem.pt

Voltar