Instituto Ricardo Jorge inaugura exposição no Hospital dos Capuchos.

O Instituto Ricardo Jorge inaugurou, dia 7 abril, no futuro espaço-sede do Museu da Saúde, a exposição “800 Anos de Saúde em Portugal”. A cerimónia de inauguração contou com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, do Ministro da Cultura, Luís Castro Mendes, e do Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, entre outros ilustres convidados.

A mostra pretende assinalar o início do projeto de instalação do Museu da Saúde, situado no antigo edifício do Serviço de Neurocirurgia do Hospital de Santo António dos Capuchos, em Lisboa.

A exposição “800 Anos de Saúde em Portugal” apresenta a história da Saúde em Portugal, desde a fundação da nacionalidade até ao nascimento do Serviço Nacional de Saúde. Para tal, foram reunidas cerca de 400 peças, provenientes das coleções do Museu da Saúde e de acervos de instituições parceiras, como o Centro Hospitalar Lisboa Central, o Museu de História Natural e da Ciência, o Museu Egas Moniz, a Cruz Vermelha Portuguesa e o Centro de Medicina Laboratorial Germano de Sousa.

imagem do post do Museu da Saúde inaugura exposição “800 Anos de Saúde em Portugal”

Abrindo com uma cronologia dos museus de saúde e medicina portugueses e acompanhando as etapas do progresso técnico-científico, a história epidemiológica, o desenvolvimento dos serviços assistenciais e das políticas sanitárias, a mostra percorre seis momentos-chave:

  • A fundação dos primeiros serviços de saúde na Idade Média e dos primeiros hospitais régios em finais do século XV;
  • Os avanços da farmacopeia e da medicina no período moderno;
  • O desenvolvimento das políticas sanitárias nacionais;
  • As grandes inovações técnico-científicas que alteraram os cuidados de saúde;
  • A luta contra as doenças endémicas no século XX;
  • Os serviços de saúde no século XX.

 

De acordo com a coordenadora do Museu da Saúde, Helena Rebelo de Andrade, a inauguração desta exposição “marca a designação do espaço-sede e abre um novo capítulo na vida do Museu da Saúde, dando voz ao desejo de todos os que têm lutado pela defesa do património cultural, histórico, simbólico e urbanístico da Colina de Santana, o maior e mais importante conjunto do património da Medicina e Saúde do nosso país”.

A exposição “800 Anos de Saúde em Portugal” poderá ser visitada, gratuitamente, às quartas-feiras, entre as 14h30 e as 18h00. Nos restantes dias úteis, é necessário efetuar marcação, através do email museudasaude@insa.min-saude.pt ou dos telefones (+351) 217 508 159 / 217 526 470.

O património cultural da Saúde é diversificado e valioso, tendo sido usado e acumulado ao longo de mais de oito séculos. Com a missão de apoiar e potenciar a preservação, inventário e divulgação destes bens culturais móveis e imóveis, o Ministério da Saúde criou, em 2007, o Museu da Saúde, que promove, a nível nacional, uma política integrada de preservação do património cultural da saúde.

Além de exposições e atividades educativas e culturais, dirigidas aos mais variados públicos, o Museu da Saúde tem desenvolvido vários programas de sensibilização e formação de técnicos e profissionais da saúde para a conservação e valorização das coleções nos seus locais de origem. Neste contexto, foi elaborado um Manual de Inventário do Património Museológico da Saúde (2012) e encontra-se a preparar um Thesaurus de Instrumentos e Coleções de Ciências da Saúde em língua portuguesa.

 

Para saber mais, consulte:

Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge – Notícias

Voltar

Últimas Notícias

Relatório revela redução das infeções e consumo de antibióticos.
15/12/2017
Primeira ambulância entregue com novo modelo de financiamento.
15/12/2017
INFARMED já instaurou 30 processos de contraordenação em 2017.
15/12/2017