DGS esclarece ponto de situação das vacinas a nível nacional.

Sobre o ponto de situação das vacinas do Programa Nacional de Vacinação a nível nacional, a Direção-Geral da Saúde (DGS) informa:

  1. Não existe rotura de vacinas a nível nacional;
  2. Dificuldades relacionadas com a produção da vacina contra tosse convulsa a nível mundial poderão originar indisponibilidade pontual de vacinas;
  3. Na eventualidade de, transitoriamente, poder não estar disponível a Vacina Tetravalente (contra difteria, tétano, tosse convulsa e poliomielite), recomendada aos 5 anos de idade, as crianças podem ser imunizadas com a Pentavalente DTPaHibVIP;
  4. Sublinha-se que o país dispõe das vacinas que integram o Programa Nacional de Vacinação, sendo estas distribuídas de forma faseada e administradas criteriosamente;
  5. Sempre que se verifiquem falhas pontuais na distribuição de vacinas, os utentes são convocados ao seu centro de saúde logo que fornecimento seja reestabelecido.

 

Para saber mais, consulte:

Voltar