Ministro considera que tabaco é um problema de saúde prioritário.

O Ministro da Saúde, Adalberto Campos Fernandes, afirmou que o tabaco em Portugal é “um problema de saúde prioritário”, anunciando que a Linha de Saúde 24 passará a dispor de mais capacidade para apoio à cessação tabágica.

Em declarações proferidas na sétima edição da Conferência Europeia do Tabaco e Saúde, Adalberto Campos Fernandes referiu que existe cobertura para consultas de cessação tabágica em todo o território nacional e que foi alargada a comparticipação a medicamentos para deixar de fumar, elogiando os resultados “impressionantes” dos dois primeiros meses do ano.

“O tabaco tem sido um dos maiores flagelos que atinge a saúde pública. Se nada fizermos, este problema agravar-se-á ao longo do presente século. O tabaco mata, atualmente, em todo o mundo, cerca de seis milhões de pessoas. Em Portugal, cerca de 30 pessoas morrem por dia em Portugal”, disse Adalberto Campos Fernandes.

O Ministro da Saúde salientou que o Ministério da Educação está envolvido nesta prioridade, através de ações em meio escolar, que incluem a temática do tabagismo.

Adalberto Campos Fernandes considera que a aceitação social do ato de fumar e as estratégias da indústria são “cada vez mais sofisticadas e difíceis de controlar”, mostrando preocupação com a atratividade do tabaco para os mais jovens. “Apesar de alguns avanços, estudos em meio escolar revelam que muitos jovens de 13 anos já experimentaram tabaco e que cerca de um terço dos que experimentaram serão fumadores regulares quando atingirem a idade adulta”, disse o Ministro, que defende uma ação muito firme baseada na comprovação científica e alinhada com as melhores práticas internacionais.

O Ministro alertou ainda para as desigualdades, uma vez que são os mais carenciados e vulneráveis que apresentam maiores consumos e menos motivação para deixar de fumar.

A sétima edição da Conferência Europeia do Tabaco e Saúde encontra-se a decorrer no Porto, entre os dias 22 e 25 de março, e conta com a participação de médicos e peritos de Portugal, Espanha e outros países europeus, bem como de delegados de toda a União Europeia.

Fonte: Lusa

Para saber mais, consulte:

Conferência Europeia do Tabaco e Saúde – https://www.ectoh.com/ (em inglês)

Voltar

Últimas Notícias

Laboratório nacional da OMS para os vírus da poliomielite.
24/11/2017
Assinatura de protocolo viabiliza suspensão da greve dos TSDT.
24/11/2017
Aprovado investimento de 5,6 M€ para o serviço de neurologia.
24/11/2017