CHMT contrata 13 assistentes operacionais para reforço de equipas.

O Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT) foi autorizado, pelo Ministério da Saúde, a celebrar 13 contratos de trabalho, sem termo, na categoria de Assistentes Operacionais, para reforço das equipas afetas aos blocos operatórios e cuidados intensivos.

O Conselho de Administração do CHMT pretende reativar o bloco operatório convencional na unidade hospitalar de Torres Novas e, numa fase posterior, o bloco de partos na unidade hospitalar de Abrantes.

Carlos Andrade Costa, presidente do Conselho de Administração do CHMT, afirma que “o objetivo é continuar a trabalhar quotidianamente para dotar este centro hospitalar dos recursos humanos e técnicos necessários para a prestação dos melhores cuidados de saúde à população que serve”.

Para saber mais, consulte:

Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE – Notícias

Voltar