Ingresso de 3839 médicos internos no SNS a partir de janeiro de 2017.

No corrente mês de janeiro de 2017, iniciam funções, nas instituições do Serviço Nacional de Saúde (SNS), 2.197 médicos internos do ano comum e 1.642 médicos internos de formação específica, representando, em ambos os casos, o maior número de sempre de ingressos de jovens médicos para formação no SNS.

O Governo, através da Administração Central do Sistema de Saúde e em estreita cooperação institucional com a Ordem dos Médicos, está empenhado na excelência formativa destes 3839 novos profissionais, que serão a base do futuro do SNS.

Médicos em Formação no SNS – Evolução 2010-2017    
 
Ano 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 2017
Internos do Ano Comum 1241 1439 1556 1635 1785 1941 2080 2197
Internos de Especialidade 1175 1168 1355 1453 1525 1526 1602 1642
                   

 

A criação do SNS permitiu o acesso universal dos portugueses aos cuidados de saúde, independentemente da sua condição social ou económica. Ao longo dos anos, a capacitação do SNS com profissionais de alta qualidade foi decisiva para o seu desenvolvimento, contribuindo para que Portugal tenha evoluído significativamente nos principais indicadores de saúde.

Para este resultado, muito contribuiu a qualidade da formação médica pré e pós-graduada.

De forma a consolidar este caminho, é fundamental continuar a investir na formação dos jovens médicos no SNS, garantindo o incremento de profissionais cada vez mais qualificados.

É com satisfação que o Ministério da Saúde dá as boas-vindas aos médicos internos, na perspetiva de que possam contribuir para consolidar e desenvolver o SNS em alinhamento com os objetivos de melhoria do acesso, da qualidade e da eficiência.

 

 

Voltar

Últimas Notícias

Relatório revela redução das infeções e consumo de antibióticos.
15/12/2017
Primeira ambulância entregue com novo modelo de financiamento.
15/12/2017
INFARMED já instaurou 30 processos de contraordenação em 2017.
15/12/2017