Uma única dose válida para toda a vida da pessoa vacinada.

No contexto do surto de casos de febre-amarela em Angola, a Direção-Geral da Saúde destaca que, no dia 11 de julho de 2016, entrou em vigor uma alteração ao Regulamento Sanitário Internacional 2015, que se refere à validade da vacina contra a febre-amarela: uma única dose passou a ser válida para toda a vida da pessoa vacinada.

A validade para a vida aplica-se aos certificados emitidos a partir de 11 de julho de 2016, bem como aos emitidos antes daquela data.

Ainda, de acordo com a alteração introduzida, a Direção-Geral da Saúde informa que não são necessárias modificações ao Certificado Internacional de Vacinação ou de Profilaxia, devendo, no entanto, a validade vitalícia ser anotada no espaço destinado à inscrição da validade da vacina.

A informação referente à validade da vacina deve constar pelo menos em duas línguas, a do país que emite o certificado e em inglês ou francês.

Em caso de dúvidas, deverá contactar a Linha Saúde 24: 808 24 24 24.

A saber

As autoridades de saúde de Angola reportaram, até ao dia 5 de agosto de 2016, 3.818 casos suspeitos de febre-amarela (70 novos casos suspeitos na última semana de julho de 2016), incluindo 369 óbitos. Dos casos suspeitos, 879 são confirmados.

Para saber mais, consulte:

DGS >Validade da vacina contra a febre-amarela

 

Voltar

Últimas Notícias

CHLC com Via Verde para as vítimas de paragem cardiorrespiratória.
17/10/2017
Quatro em cada dez consumidores não compreendem informação.
17/10/2017
DGS alerta para exposição ao fumo dos incêndios florestais.
16/10/2017