sns-container
SNS-Print

Implementação em curso na ULS Guarda. Prioridade para a Farmácia.

A Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda anuncia que deu início ao processo de implementação do Sistema de Informação SAMA 2020, que ligará os hospitais da Guarda e de Seia e 13 centros de saúde do distrito (exceto Aguiar da Beira).

De acordo com o Presidente do Conselho de Administração, Carlos Rodrigues, o projeto, no valor global de 1,2 milhões de euros, que significará uma “revolução silenciosa” para os serviços, é executado no âmbito de uma candidatura ao Portugal 2020.

O responsável informa que está a ser dada prioridade à instalação do sistema de informação no serviço de Farmácia do Hospital Sousa Martins da Guarda, e acrescenta que “daqui a um mês ou dois” já estará instalado o sistema da Farmácia, seguindo-se os restantes serviços, uma vez que a execução do projeto “é constante” e “vai demorar bastante tempo”.

“A prioridade absoluta foi dada para a Farmácia, porque é a área onde se gasta mais dinheiro, devia haver maior controlo, maior monitorização. Aí vamos logo recuperar alguma eficácia e eficiência com o sistema de informação, mas todos os outros sistemas de informação vão atingir toda a ULS”, concluiu o Presidente.

A ULS da Guarda integra dois hospitais (Hospital Sousa Martins – Guarda e Nossa Senhora de Assunção – Seia) e 13 centros de saúde e presta assistência a cerca de 150 mil habitantes.

Para saber mais, consulte:

ULS Guarda – http://www.ulsguarda.min-saude.pt/

 

Voltar

Últimas Notícias

Cidadãos residentes em Portugal com acesso à Área do Cidadão.
23/08/2019
Lamego acolhe programa comunitário de exercício físico.
23/08/2019
INSA redesignado centro colaborativo da Organização Mundial da Saúde.
23/08/2019