Mais de metade dos utentes do Hospital de Ovar já sai da instituição com receitas sem qualquer suporte em papel, apenas recebe SMS ou emails.

A 12 de outubro, o Hospital Dr. Francisco Zagalo já tinha ultrapassado 60% do total de Receitas Sem Papel totalmente desmaterializadas, assumindo-se como o primeiro hospital do Serviço Nacional de Saúde a atingir um valor tão elevado.

Na senda da transformação digital, esta instituição apresentou publicamente, no passado dia 04 de outubro, o “Projeto HOSP- Hospital de Ovar sem Papel”, projeto-piloto já com resultados surpreendentes.

Implementando uma estratégia que abrange várias iniciativas de desmaterialização, o Hospital de Ovar pretende a eliminação total de papéis, afirmando-se como a primeira instituição hospitalar do país a pôr em prática medidas ambiciosas e aceleradas que visam alcançar o objetivo de um SNS sem Papel.

Para cumprir até 2020 em todas as instituições hospitalares do SNS, o objetivo de um SNS Sem Papel, definido pelo Ministério da Saúde, insere-se no processo de transformação digital, liderado pela SPMS, EPE. A total desmaterialização da Receita Sem Papel faz parte deste processo.

 

Voltar

Últimas Notícias

A app MySNS já ultrapassou os 102 mil downloads. É uma das apps mais populares da Google Play e está...
27/11/2017
O Programa do XXI Governo Constitucional estabelece como prioridade promover a saúde através de uma nova ambição para a Saúde...
09/10/2017
A MySNS Carteira – A Carteira eletrónica da Saúde já ultrapassou os 20.000 downloads. Centrada nos interesses do utente do...
13/11/2017