Na perspetiva «saúde em todas as políticas», foi criado um Grupo de Trabalho interministerial para a elaboração de uma estratégia integrada para a promoção da alimentação saudável. O objetivo consiste em incentivar o consumo alimentar adequado e a consequente melhoria do estado nutricional dos cidadãos, com impacto direto na prevenção e controlo das doenças crónicas.

As medidas fundamentais da proposta apresentada e submetida a discussão pública, que terminou em agosto de 2017, organizam-se de acordo com quatro eixos estratégicos fundamentais:

  • Eixo 1: Modificar o meio ambiente onde as pessoas escolhem e compram alimentos e promoção da reformulação de determinadas categorias de alimentos, promovendo o acompanhamento da autorregulação pelo Sector da Indústria Alimentar. Pretende-se fazer com que as escolhas saudáveis sejam as escolhas mais fáceis em termos de preço e acesso.
  • Eixo 2: Melhorar a qualidade e acessibilidade da informação disponível ao consumidor, de modo a informar e capacitar os cidadãos para escolhas alimentares saudáveis.
  • Eixo 3: Promover e desenvolver a literacia e autonomia para o exercício de escolhas saudáveis pelo consumidor.
  • Eixo 4: Promover a inovação e o empreendedorismo direcionado à área da promoção da alimentação saudável.

Trata-se da primeira estratégia interministerial dedicada à alimentação em duas décadas, com implicação num espectro alargado de áreas e parceiros, fundamentando uma abordagem inovadora, mas consensual, que permita o reconhecimento das suas medidas como pertinentes e uma implementação proactiva.

Voltar