O XXI Governo Constitucional estabeleceu como prioridade estratégica o aperfeiçoamento da gestão dos recursos humanos e a motivação dos profissionais de saúde.
Neste contexto, e de forma a prosseguir estes objetivos, o Ministério da Saúde tem vindo a desenvolver uma discussão alargada com as várias Ordens Profissionais do setor da saúde tendo em vista a construção de uma estratégia para o Desenvolvimento e Sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde.

No âmbito da definição dessa visão, foi reconhecida a importância de desenvolver modelos de organização para a prática da psicologia, garantido a devida adequação com os serviços de psiquiatria, pedopsiquiatria e saúde mental, numa filosofia de equipas multidisciplinares em saúde, centradas no cidadão.

Neste âmbito, o Grupo de Trabalho, constituído pelo Despacho n.º 13278/2016, de 7 de novembro, elaborou uma proposta de modelo de organização da prestação de cuidados na área da psicologia no Serviço Nacional de Saúde, estando a mesma disponível para Consulta Pública, aqui.

Pretende-se assim a participação de todos os cidadãos, em especial dos destinatários deste plano, aproximando assim decisores, profissionais e utentes, conferindo a este processo maior transparência e credibilização.

Todos os interessados poderão apresentar opiniões, sugestões e contributos, decorrentes da proposta apresentada em Consulta Pública, ao Ministério da Saúde, até ao dia 31 de agosto de 2017, aqui.

Voltar