No âmbito do surto de hepatite A em Portugal e de forma a ultrapassar os constrangimentos no correio eletrónico provocados pelo recente ciberataque, aplicam-se temporariamente as seguintes medidas extraordinárias:

  1. Altera-se o ponto nº. 5 da Norma 003/2017, de 9 de abril, pelo que os viajantes com prescrição médica para a vacina da hepatite A poderão, a partir de agora, ser vacinados sem necessidade de validação pela Direção-Geral da Saúde, nos locais disponíveis em:

http://www.dgs.pt/ficheiros-de-upload-2013/hepatite-a-locais-de-vacinacao-pdf.aspx

  1. Relativamente aos restantes grupos elegíveis para vacinação, continua a não ser necessária qualquer validação por parte da Direção-Geral da Saúde para administração da vacina para a hepatite A;
  1. Os restantes pontos da Norma 003/2017, de 9 de abril, mantêm-se válidos.

 

Voltar