5ª reunião do Comité de Emergência da OMS decidiu que a microcefalia, os distúrbios neurológicos e o vírus Zika deixaram de representar uma “Emergência de Saúde Pública de Âmbito Internacional” (PHEIC),

Após a reunião do Comité de Emergência sobre microcefalia, distúrbios neurológicos e vírus Zika, no dia 18 de novembro, a Diretora-Geral da Organização Mundial da Saúde declarou que a microcefalia, os distúrbios neurológicos e o vírus Zika deixaram de representar uma “Emergência de Saúde Pública de Âmbito Internacional” (PHEIC), como foi definido em 1 de fevereiro de 2016, ao abrigo do Regulamento Sanitário Internacional. A associação causal entre a microcefalia e os distúrbios neurológicos e o vírus Zika, motivo primário para a declaração de PHEIC, já foi comprovada pelo que já não justifica a manutenção daquele nível de emergência.

No entanto mantém-se a investigação científica a longo prazo, pois os aspetos da doença e das consequências que lhes estão associadas necessitam de ser aprofundadas.

Para mais informações consulte aqui.

Voltar